Coronavírus: saúde anuncia vigilância na fronteira

O Ministério da Saúde enviará pessoas para instalar um centro de operações de emergências em Pacaraima (RR) e treinar profissionais locais

Brasília – Com a epidemia do novo coronavírus, com epicentro na China, o Ministério da Saúde anunciou, na quinta-feira (6), a instalação de um centro de vigilância emergencial na fronteira do Brasil com a Venezuela. O ministério enviará pessoas para instalar um centro de operações de emergências e treinar profissionais locais. O núcleo de vigilância deve ser instalado em Pacaraima (RR), mas ainda não há prazos e informações técnicas confirmadas, afirmou o ministro após reunião com secretários estaduais e municipais. A entrada de venezuelanos no País por Roraima aumentou o risco da ocorrência de sarampo, dengue e difteria, doenças identificadas na Venezuela, de acordo com o chefe da pasta. O centro de vigilância, neste caso, seria necessário pela migração e pela falta de informações do país vizinho. O governo brasileiro pediu que a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), vinculada às Nações Unidas, faça uma intermediação com a Venezuela para que o Brasil tenha informações mínimas sobre saúde do país vizinho.

Apoios

A 68ª Zona Eleitoral, publicou edital informando ter recebido um lote com assinaturas de apoiamentos a criação do partido ‘Aliança pelo Brasil’ e que a relação ficará disponível para consultar no Cartório Eleitoral pelo prazo de cinco dias.

Convite

Na quarta-feira, 5, o superintendente da Suframa, Alfredo Menezes, reuniu com o presidente Bolsonaro e um das pautas do encontro foi a participação do presidente Jair Bolsonaro na primeira reunião do Conselho de Administração da Suframa de 2020, agendada para o dia 20 de fevereiro.

Mulheres

Produtos de artesanato diversos estarão expostos e disponíveis para venda na primeira Feira da Mulher Empreendedora, que será realizada no dia 19 de fevereiro, a partir das 18h, no Complexo Turístico da Ponta Negra, zona Oeste.

Visita

Recepcionada pela presidente da Comissão de Defesa e Proteção dos Direitos da Mulher, vereadora Mirtes Salles, a deputada estadual Joana Darc (PL) conheceu, nesta quinta-feira (6),os serviços prestados pelo Núcleo de Atendimento à Mulher.

Anúncio