Covid-19: Depen sugere contêineres para separar presos com sintomas

De acordo com documento, estruturas serão utilizadas para separar presos em flagrante de outros detentos durante a pandemia do novo coronavírus

Brasília – O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) divulgou nota em que afirma ter sugerido ao Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP) que analise a possibilidade de permitir a utilização de estruturas modulares temporárias, como contêineres utilizados no setor da construção civil, para separar presos em flagrante de outros detentos durante a pandemia do novo coronavírus.

Foto: Thathiana Gurgel/DPRJ

Segurança 1

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) suspendeu contrato da Secretaria Secretário de Cultura e Economia Criativa (SEC) no valor de R$ 16 milhões para contratar serviços de vigilância e segurança patrimonial.

Segurança 2

Segundo despacho assinado pelo presidente do TCE, conselheiro Mário de Mello, foi constatado “afronta ao princípio da publicidade, que comprometeu a ampla defesa e o contraditório de empresa, uma vez que a licitante pretendia recorrer da decisão que a desclassificou”.

Repercussão

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP)  também  repercutiu em redes sociais matéria do site UOL informando que a Governo do Amazonas comprou respiradores em loja de vinho e pagou R$ 2,9 milhões, 316% mais caro.

Equipamento

A parlamentar frisou ainda que os respiradores foram considerados inadequados pelo Conselho Regional de Medicina do Amazonas (CRM-AM), “pois servem apenas para o transporte de pacientes, não para ventilação invasiva”, escreveu a deputada.

blank

A Petrobras entregou ao Sistema Único de Saúde (SUS) o segundo lote de 300 mil testes para diagnóstico de Covid-19. Desse total, 200 mil foram doados ao Ministério da Saúde e 100 mil à Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro (Foto: Divulgação/MS)

 

Anúncio