Deputado é criticado por insinuar que roupa estimula assédio a mulher

O deputado estadual foi alvo de críticas de motoristas de aplicativo e da ala feminina do próprio partido por uma declaração machista

Brasília – O deputado estadual de Santa Catarina Felipe Estevão (PSL) foi alvo de críticas de motoristas de aplicativo e da ala feminina do próprio partido por uma declaração machista na qual insinua que uma mulher pode ser vítima de assédio por causa da roupa que veste. Em um vídeo, o deputado contou uma história na qual um pai evita que a filha seja assediada por um motorista motorista de aplicativo porque a mandou trocar de roupa.

O deputado estadual de Santa Catarina Felipe Estevão (PSL) (Foto: Reprodução/Facebook)

Plano

De acordo com o presidente da ALE, muito mais que melhorias para o município, o Plano Verão Manicoré levará dignidade à população, bem como vai gerar emprego e renda.

Críticas

Relator da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) classificou como um desprezo “selvagem” do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) as ações de combate à pandemia e o chamou de “maluco”, ao ser questionado se a CPI poderia resultar na saída de Bolsonaro do poder.

Desvios

O Ministério Público do Maranhão (MP-MA) denunciou o deputado federal Júnior Lourenço (PL-MA), o ex-prefeito de Miranda do Norte Carlos Eduardo Fonseca Belfort e mais 23 pessoas por crimes de fraude em procedimento licitatório, peculato e organização criminosa na gestão do município situado a cerca de 140 km de São Luís.

blank

Estados e Distrito Federal estão recebendo mais um lote de vacinas Covid-19. O Ministério da Saúde entregará 7,6 milhões de doses da AstraZeneca/Oxford, produzida no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) com matéria-prima importada (Foto:  Divulgação/MS)

Anúncio