Deputados cobram volta de R$ 1,4 bi para a educação

Educação perdeu o orçamento no fim de 2020 para acomodar a expansão de gastos com infraestrutura e para atender a indicações de uso de recursos públicos por deputados e senadores

Brasília – A Comissão Externa do Congresso que acompanha o Ministério da Educação e a frente parlamentar que atua na defesa da área começaram a entregar uma carta de compromissos e a se reunir, com os candidatos à presidência da Câmara. Entre outros pedidos, o grupo reivindica que os candidatos apoiem a retomada de R$ 1,4 bilhão que o orçamento da educação perdeu no fim de 2020 para acomodar a expansão de gastos com infraestrutura, para atender a indicações de uso de recursos públicos por deputados e senadores. O primeiro candidato ouvido pela comissão foi Arthur Lira (PP-AL), que se reuniu por videoconferência com a deputada Tabata Amaral (PDT-SP), relatora da comissão externa. A carta é dividida em cinco pilares prioritários: medidas educacionais de urgência, a fim de mitigar os efeitos da pandemia do novo coronavírus; governança e orçamento; educação profissional, científica e tecnológica; formação de professores e primeira infância.

Fila

O prefeito de Manaus, David Almeida, defebneu a transparência na vacinação contra a Covid-19 e disse que admitirá e nem compactuará com eventuais atos individuais de favorecimento à prioridade definidas pelo Ministério da Saúde para a fila da vacinação.

Crise

A crise na saúde no Amazonas deixou o Estado no centro da atenções. O alvo agora é o ministro Eduardo Pazuello, citado na ação que busca apontar responsaveis pela falta de oxigênio.

Omissão

Na ação da Procuradoria Geral da República ao Superior Tribunal de Justiça, há a cobrança de ações e até criminalização pela omissão diante da crise do oxigênio quando se tinha a informação de que iria faltar aos pacientes.

Corrida

Após um áudio vazar nas redes sociais dizendo que haveria lockdown, devido aos avanços da pandemia no Estado, muitos entraram em pânico e lotaram os supermercados na tarde deste sábado. A situação mostra o npivel de estresse da sociedade manauara.

Anúncio