Desafio da reforma Tributária é não aumentar impostos

Segundo o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o que está em discussão é a possibilidade de tributar lucros e dividendos com redução da alíquota de imposto de renda da pessoa jurídica

Brasília – O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que o maior desafio da reforma Tributária é convencer algumas áreas do setor produtivo de que não haverá aumento de impostos. A declaração foi feita pelo presidente da Câmara durante evento com representantes da indústria sobre os impactos das reformas para o setor, na sede da Firjan (RJ). Maia negou que esteja discutindo impostos sobre as grandes fortunas, pauta da reforma Tributária levantada por partidos de oposição. O presidente informou que o que está em discussão é a possibilidade de tributar lucros e dividendos com redução da alíquota de imposto de renda da pessoa jurídica. De acordo com Maia, caso essa proposta seja aprovada não há previsão de aumento de carga tributária. Paralelo a estes temas, o setor produtivo no Amazonas, acompanha de perto as discussões a respeito da reforma Tributária, principalmente, para evitar prejuízos a Zona Franca de Manaus. Deputados e senadores do Amazonas também estão atentos ao tema.

Cancelamento

Pela segunda vez consecutiva, o vice-presidente general Hamilton Mourão cancelou agenda em Manaus. Nesta quarta-feira ele era esperado para uma visita ao Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), a nova menina dos olhos do governo federal.

Diplomacia

Durante a leitura de sua última mensagem governamental na Câmara Municipal de Manaus, nesta segunda-feira (10), o prefeito Arthur Virgílio Neto, além de um balanço dos seus sete anos de governo, falou sobre diplomacia e democracia ao afirmar que espírito público é algo essencial, não me importa se “fulano” é posição ou oposição.

Legado

Ainda em seu discurso, o prefeito disse que trabalha pensando na história e que espera ser reconhecido. “Esse é meu preço, ter um lugar bom na história”, disse prefeito.

Presídios

Em documento enviado ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, o deputado federal Capitão Alberto Neto (Republicanos/AM) requereu a criação de uma Comissão Especial para acompanhamento, verificação e fiscalização do Sistema Penitenciário brasileiro.