Dodge pede que fundo bilionário da Lava Jato seja repassado à educação

A manifestação da procuradora-geral foi enviada ao Supremo, na segunda-feira (8), numa ação ajuizada por ela contra a fundação da Lava Jato

(Foto: Carlos Moura/SCO/STF)

Manaus – Em manifestação ao Supremo Tribunal Federal(STF), a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, opinou por repassar ao Ministério da Educação o dinheiro de multas pagas pela Petrobras nos Estados Unidos. A força-tarefa da Lava Jato em Curitiba pretendia criar uma fundação para gerir esses recursos. A manifestação da procuradora-geral foi enviada ao Supremo, na segunda-feira (8), numa ação ajuizada por ela contra a fundação da Lava Jato.

Palestra 2

O membro do Ministério Público do Amazonas (MP-AM), Promotor de Justiça Fabricio Santos Almeida, tratou de assuntos sobre flagrante delito, auto de prisão em flagrante, audiência de instrução.

Desvios

A Suíça anunciou, ontem, já ter devolvido ao Brasil 365 milhões de francos suíços (cerca de R$ 1,4 bilhão) que haviam sido confiscados pela Justiça em relação ao caso de corrupção que envolve as empresas Petrobras e Odebrecht, parte da operação Lava Jato.

Escolha

Ao escolher Abraham Weintraub para assumir o Ministério da Educação, Jair Bolsonaro contemplou uma indicação de Olavo de Carvalho. O nome do economista foi levado ao presidente em uma lista com outros dois discípulos do escritor e mentor do clã.

Presidente Jair Bolsonaro realizou audiência com Onyx Lorenzoni, Ministro-Chefe da Casa Civil da Presidência da República; Deputado Paulinho da Força, presidente Nacional do Solidariedade e o Deputado Augusto Coutinho. (Foto: Carolina Antunes/PR/ABr)