Em Davos, governo anunciará troca de CBA para Centro Econômico

O projeto já foi apresentado pela comitiva do Brasil ao professor Klaus Schwab, criador do Fórum Econômico Mundial

(Foto: Sandro Pereira/Arquivo GDC)

Manaus – A comitiva do Brasil em Davos, na Suíça, vai anunciar durante o Fórum Econômico Mundial a criação de um centro de negócios sustentáveis na Amazônia. O projeto já foi apresentado ao professor Klaus Schwab, criador do fórum. Pela agenda, o novo centro será oficialmente lançado em quatro meses, dentro dos trabalhos da versão latino americana do Fórum Econômico, que ocorre de 28 a 30 de abril em São Paulo.

Secretaria Nacional

Especialistas em Segurança Pública comentaram, nesta terça-feira (21), que a criação do Conselho da Amazônia é o primeiro passo para o presidente Jair Bolsonaro iniciar o seu principal projeto no Estado, que é a implantação da Secretaria Nacional da Amazônia.

‘Economia Sustentável’

Tendo como polo base o Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), o governo quer fazer da nova secretaria uma aceleradora de negócios envolvendo bioeconomia, mas não se viu até agora um projeto concreto sobre o assunto.

Prepara…

Entre os economistas de Manaus há quem diga que o governo federal tenta, pelo menos no discurso, preparar o Amazonas para o fim da Zona Franca, uma medida que já vem sendo aplicada de forma ‘suave’, como gosta de falar Jair Bolsonaro.

Braga reage

O líder do MDB no Senado, Eduardo Braga (AM), reagiu negativamente, nesta terça-feira (21), à decisão do governo federal de abrir o mercado brasileiro às empresas estrangeiras em licitações públicas. O anúncio foi feito pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, no Fórum de Davos.

‘Valor’ repercute

Em entrevista ao site ‘Valor Econômico’, Braga disse que a medida é “bonita para inglês ver”, mas “horrível” para os brasileiros. “Isso é exportar empregos. É usar o poder de compra para importar produtos, gera empregos no exterior, no momento em que temos quase 12 milhões de desempregados”, disparou.

Servidores ativos e inativos da Prefeitura de Manaus nascidos em janeiro têm até sexta-feira, (24), para realizar o recadastramento referente ao e-social nas agências do banco Bradesco. A atualização é obrigatória (Foto: Divulgação)