Empresa aérea investirá no Brasil e deve operar no Norte

A nova companhia Nella Linhas Aéreas protocolou pedido na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para iniciar operações regionais

Brasília – Mais uma empresa aérea de baixo custo pretende investir no Brasil e operar voos dentro do país nos próximos meses, incluindo a Região Norte do País. A nova companhia Nella Linhas Aéreas protocolou pedido na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para iniciar operações regionais. Segundo a Anac, o encontro faz parte da primeira de uma série de etapas para a obtenção do Certificado de Operador Aéreo, documento que autoriza o início das atividades. O processo pode durar vários meses, até que a empresa esteja apta a lançar o primeiro voo, mas a previsão é de que isso ocorra ainda no primeiro semestre de 2021. Com o lema “Não se trata apenas de voar”, a companhia pretende se tornar referência na aviação regional brasileira, atendendo à demanda de cidades do interior ainda desassistidas pelo serviço aéreo, e ser reconhecida por uma gestão humanizada, focada nos viajantes e nos colaboradores.A Nella deve operar, inicialmente, nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste com aviões para pouso e decolagem em aeroportos menores.

Gastos

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra) dispensou licitação no valor de R$ 874 mil para contratar a Construtora Tocantins Indústria e Comércio Ltda. para construir o Laboratório de Análises Clínicas da Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade (Funati).

Outro Estado

Deputada estadual Mayara Pinheiro errou de Estado ao apresentar o Projeto de Lei nº 515 na Assembleia Legislativa do Estado (ALE) em que propõe a instituição no calendário oficial do Estado do Pará o ‘Dia Estadual dos Heróis da Saúde’.

Pandemia

No município de Pauini, a promotora de Justiça vai investigar para apurar as contratações em recursos humanos na área da saúde para combate à pandemia da Covid-19. A promotora cita necessidade de necessidade de se fazer diligências “imprescindíveis para se obter outros elementos de informação”.

Anúncio