Imprensa é a fonte mais confiável sobre coronavírus

Brasileiros estão fora da tendência global: 64% dos entrevistados preferiam as informações nas redes sociais

Manaus – Um estudo global divulgado pela agência de comunicação Edelman mostra que em meio à pandemia de coronavírus os veículos da imprensa aparecem como a fonte de informações mais confiável para 64% das pessoas. Antes da crise de saúde, havia uma tendência de baixa credibilidade do jornalismo e das fontes de conhecimento, como a ciência. O levantamento foi feito de 6 a 10 de março, antes das principais ações relacionadas à pandemia, como fechamentos de fronteiras e orientações de isolamento. Foram entrevistadas 10 mil pessoas da África do Sul, Alemanha, Brasil, Canadá, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido (mil por país) pela internet. Os brasileiros estão fora da tendência global: 64% dos entrevistados preferiam as informações nas redes sociais e 59% citaram os jornais e a Organização Mundial da Saúde (OMS). “As principais organizações noticiosas têm quase duas vezes mais credibilidade do que a OMS ou autoridades sanitárias nacionais”, informa a Associação Nacional de Jornais (ANJ).

Prédio

A Casa Civil do Amazonas contratou a empresa Invicta Instalações esse Manutenções Ltda. por R$ 353 mil para prestar serviços de manutenção predial na sede do governo do Amazonas. O pagamento será feito em 12 parcelas.

Saúde

O Ministério Público do Amazonas (MPAM), pela Promotoria de Justiça de Tabatinga, apresentou Ação Civil Pública (ACP) para obrigar o Estado do Amazonas a consertar a usina de oxigênio do Hospital de Guarnição de Tabatinga (HGUT), que fornece o gás para a rede interna do Hospital e para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade.

Apoio

A Câmara Municipal de Manaus discute projeto de lei sobre as redes públicas de educação básica contar com serviços de psicologia e de serviço social para atender às necessidades e prioridades definidas pelas políticas de educação, por meio de equipes multiprofissionais.

Sugestões

Devido a pandemia do Covid-19, o deputado federal Alberto Neto (Republicanos/AM) criou sugestões de medidas a serem tomadas em âmbito estadual e federal com intuito de conter o novo coronavírus. O parlamentar está trabalhando em casa enquanto aguarda resultado de exame.

Anúncio