Jornalismo ainda é um dos principais aliados da democracia

Este é um sintoma do fenômeno que atinge os gestores que trabalham sem os critérios da transparência, obrigação de quem aplica o dinheiro público

Manaus – O jornalismo profissional incomoda governantes que não sabem lidar com o contraditório e com matérias investigativas que os incomodam. Este é um sintoma do fenômeno que atinge os gestores que trabalham sem os critérios da transparência, obrigação de quem aplica o dinheiro público. Prova disto é um secretário municipal convocar uma coletiva para criticar reportagem com assuntos que ele prefere que sejam mantidos longe da vista do público. O GRUPO DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO (GDC) não se incomoda com tentativa de intimidações, por sinal, este é um ingrediente que aflora a curiosidade do nosso corpo de profissionais. O GDC ao veicular as matérias fundamentadas em investigações e processos em tramitação na Justiça cumpre o papel de uma empresa jornalística de apontar para a sociedade a boa aplicação dos recursos públicos. Ao veicular os fatos, o GRUPO DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO mostra que o verdadeiro papel da imprensa é servir aos governados e não aos governantes.

Desabafo

O deputado estadual de oposição, Wilker Barreto (Podemos) fez um desabafo na tribuna da (ALE) sobre a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), que apontou o governador Wilson Lima como comandante de uma organização criminosa.

Discurso

Barreto também lamentou que apenas ele e o colega de oposição, Dermilson Chagas (Podemos), foram os únicos a discursar, ontem, sobre o assunto.

Apuração

Procurador da República José Gladston Viana Correia instaurou inquérito civil para apurar violação à impessoalidade por publicação, em perfil institucional da Funasa em rede social, de fotografia do superintendente do Amazonas com então candidato a prefeito, em período eleitoral.

Capinação

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) contratou a empresa Uatumã Serviços de Construção de Eventos para fazer serviços de limpeza e manutenção em áreas verdes abrangendo capinação e roçagem, poda, jardinagem e paisagismo pelo valor de R$ 6 milhões.

Anúncio