Justiça do Trabalho recebeu 7,7 mil ações, desde o início da pandemia

De acordo com levantamento feito pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), os números referem-se ao período entre janeiro e maio e incluem todas as varas e tribunais do trabalho do Brasil

Brasília – A Justiça do Trabalho recebeu mais de 7,7 mil ações trabalhistas desde o início da pandemia do novo coronavírus no País. De acordo com levantamento feito pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), os números referem-se ao período entre janeiro e maio e incluem todas as varas e tribunais do trabalho do Brasil. As principais demandas que foram ajuizadas tratam da cobrança de verbas rescisórias dos empregadores.

Foto: Marcello Casal Jr/ABr

Pedido 1

O deputado federal Célio Studart (PV-CE) apresentou requerimento sugerindo ao Ministério do Meio Ambiente a criação da Secretaria de Proteção Animal.

Pedido 2

No documento, o deputado cita que a Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente (DEMA), da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas, registrou mais de 29 mil casos de maus tratos.

Saneamento

O Senado pautou a votação do novo marco legal do saneamento básico para a quarta-feira (24). A proposta é vista como atrativa para a entrada da iniciativa privada e uma das ferramentas para a recuperação da economia.

Eleições

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou uma campanha digital para incentivar a participação de jovens na política e nas eleições municipais deste ano.

blank

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, mandou a Advocacia-Geral da União se manifestar sobre a portaria do ex-ministro da Educação Abrahram Weintraub contra medida que estimulava as universidades a criarem propostas sobre cotas para negros, indígenas e pessoas com deficiência nos processos seletivos de pós-graduação (Foto: José Cruz/ABr)

Anúncio