Ministério cancela 300 licenças de pescadores por irregularidades

A portaria com o cancelamento foi publicada, nesta sexta-feira (6), no Diário Oficial da União (DOU)

(Foto: Arquivo/ABr)

Manaus – O Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento (Mapa) cancelou 300 licenças de pescadores profissionais que apresentavam irregulares junto ao Registro Geral da Atividade Pesqueira (RGP). A portaria com o cancelamento foi publicada, nesta sexta-feira (6), no Diário Oficial da União (DOU). Foram canceladas licenças nos estados do Pará, Amapá, Amazonas, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Sergipe e Santa Catarina.

Gastos

A Secretaria de Estado de Cultura (SEC) firmou convênio com o município de Rio Preto da Eva, visando apoio financeiro para a realização da 20ª Feira da Laranja, realizada entre 30 de agosto a 1º de setembro. O convênio tem valor global de R$ 166 mil.

Injúria

O primeiro-ministro da República Tcheca, Andrej Babis, foi condenado, nesta sexta, por um tribunal a se desculpar por escrito por ter afirmado que as pessoas que protestaram contra ele no ano passado foram pagas e protestavam por encomenda. A decisão ainda cabe recurso na justiça do País do Leste Europeu.

Segurança

Uma rádio pirata na comunidade da Maré, no Rio, foi alvo hoje de uma ação, nesta sexta-feira, da Polícia Federal. Segundo as policiais, a ação da rádio clandestina estava causando interferência no espaço aéreo do aeroporto Santos Dumont.

Jardinagem

O governo federal pretende gastar até R$ 6 milhões por ano em serviços de jardinagem para as dependências da Presidência da República. O edital diz que a contratação é necessária para garantir a segurança.

O Estado de São Paulo lançou, nesta sexta-feira (6), a licitação para gestão compartilhada com a iniciativa privada em quatro unidades prisionais do estado. O edital de licitação para contratação das empresas será publicado, neste domingo (8) (Foto: Wilson Dias/ABr)