Ministério Público deverá dar isenção a ‘Caso Flávio’

O promotor Starling Peixoto, titular da 16ª Promotoria de Justiça da Capital, que atua na 2ª Vara do Tribunal do Júri, foi escolhido nesta segunda-feira (7), pela procuradora-chefe do MP-AM, Leda Mara Nascimento

Manaus – Em meio às críticas de viés político sobre a morte do engenheiro Flávio Rodrigues, 42, no dia 29 de setembro, a Secretaria de Segurança Pública decidiu solicitar do Ministério Público do Estado (MP-AM) a designação de um promotor exclusivo para acompanhar o crime, que está conhecido como ‘Caso Flávio’.

O promotor Starling Peixoto, titular da 16ª Promotoria de Justiça da Capital, que atua na 2ª Vara do Tribunal do Júri, foi escolhido nesta segunda-feira (7), pela procuradora-chefe do MP-AM, Leda Mara Nascimento. No dia anterior, a ‘Coluna Claro & Escuro’ alertou sobre a possibilidade das investigações, que envolvem o enteado do prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), Alejandro Molina Valeiko, estarem antecipando o embate das eleições municipais 2020, quando Manaus escolherá o novo prefeito.

Com a entrada do Ministério Público, espera-se que os agentes da Polícia Civil, aparentemente empenhados na elucidação do caso, possam chegar aos culpados em um Estado que registra de três a cinco execuções por dia na guerra do tráfico de drogas.

Um peso…

Filho de comerciantes, o estudante de nutrição João Marco Santiago Santos, de 22 anos, foi encontrado morto nas margens de um igarapé no Tarumã-Açu, zona oeste de Manaus, na última quinta-feira (3). Até esta segunda-feira (7), a família não tinha retorno das investigações.

… duas medidas

Vinte e quatro horas após a morte do engenheiro Flávio Rodrigues, no dia 29 de setembro, jornalistas receberam a informação de agentes policiais de que o enteado do prefeito havia “confessado o crime”. Informação depois negada pela própria Polícia Civil.

Anúncio