Ministério Público pede afastamento do chefe da Polícia Civil do Rio

O órgão denunciou Rivaldo Barbosa e outros quatro delegados por crimes contra a Lei de Licitações. Os promotores do MP acusam o grupo de ter deixado de fazer licitações fora dos casos permitidos pela lei

Manaus – O Ministério Público do Rio de Janeiro pediu à Justiça estadual, na quinta-feira (12), o afastamento do chefe da Polícia Civil fluminense, Rivaldo Barbosa. O órgão denunciou Rivaldo e outros quatro delegados por crimes contra a Lei de Licitações. Os promotores do MP acusam o grupo de ter deixado de fazer licitações fora dos casos permitidos pela lei. Os processos eram para contratar a prestação de serviços de informática para delegacias.

O Ministério Público do RJ pediu à Justiça estadual, na quinta-feira (12), o afastamento do chefe da Polícia Civil fluminense, Rivaldo Barbosa. (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Anabolizantes

Tramita na Câmara Municipal de Manaus (CMM) projeto de lei para obrigar as academias de musculação a realizarem palestras ou produzirem informações sobre uso de anabolizantes.

Orientações

Pela proposta, o aluno deverá receber no ato da matrícula informações através de uma cartilha ou folder, elaborada por profissional de educação física, alertando para os malefícios dos esteroides anabolizantes.

Material de limpeza

A Prefeitura de Barcelos homologou registro de preços para contratar a empresa A.A Oliveira de Freitas ao custo de R$ 1,3 milhão para aquisição de materiais de limpeza, para atender demandas da administração municipal.

Silêncio

Após ter sido impedido pela Justiça de conceder entrevistas e participar de atos da pré-campanha à Presidência, o ex-presidente Lula reclamou a ex-ministros que está sendo “silenciado”.

Anúncio