Mortes devido à poluição aumentam 14% no Brasil

A constatação é do estudo Saúde Brasil 2018, do Ministério da Saúde, que utilizou dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM)

Manaus – No Brasil, as mortes por poluição ao ar aumentaram 14% em dez anos. Nesse período, o número de óbitos por Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) passou de 38.782, em 2006, para 44.228 mortes, em 2016. A constatação é do estudo Saúde Brasil 2018, do Ministério da Saúde, que utilizou dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM).

O número de mortes evitáveis por essas doenças cresceu, assim como a exposição à poluição em todo o País, com destaque para os grandes centros urbanos e estados castigados pelas queimadas. Os dados foram apresentados na durante comemoração do Dia Mundial do Meio Ambiente.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), calcula-se que ocorram anualmente 4,2 milhões de mortes prematuras atribuídas à poluição do ar ambiente no mundo. A organização estima que a poluição do ar tenha sido responsável no ano de 2016 por cerca de 58% de mortes prematuras por doenças cerebrovasculares (DCV) e doenças isquêmica do coração (DIC).

Denúncia

O grande expediente na Assembleia Legislativa do Estado (ALE) foi esvaziado pelos deputados estaduais quando o parlamentar Wilker Barreto (Podemos) falou sobre pedido feito ao Ministério Público do Amazonas (MP-AM) para que o órgão apure suspeita de escutas telefônicas ilegais.

Mensageria

A Superintendência da Zona Franca de Manaus contratou a empresa LDS Serviços de Limpeza Ltda. por R$ 114 mil para fornecer serviços continuados de empresa especializada na prestação de serviços de mensageria para atender as necessidades da sede da Suframa em Manaus e suas unidades administrativas na capital do Amazonas.

Palestra

O procurador-chefe do Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas, Edmilson Barreiros, ministrará palestra durante o 1° Seminário de Prevenção e Combate à Tortura no Amazonas, sobre ‘Condições Carcerárias, Tortura e Maus Tratos a Detentos’. O evento será realizado em 26 de junho na sede da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Amazonas (OAB-AM).