MPF pede mais fiscalização na liberação de agrotóxicos

De acordo com o o procurador da República Marco Antonio Delfino, é preciso proteger a sociedade e ampliar a segurança no processo de liberação e uso dessas substâncias

Brasília – Incremento na fiscalização durante processo de registro e liberação de novos agrotóxicos no Brasil e maior transparência para os dados sobre as consequências do uso dessas substâncias – foi o que defendeu o Ministério Público Federal (MPF) em audiência realizada pela Comissão de Fiscalização e Controle (CFC) da Câmara dos Deputados em evento que discutiu o registro de agrotóxicos no País e teve a participação do procurador da República Marco Antonio Delfino, que integra o Grupo de Trabalho Intercameral Agroecologia do MPF. No encontro, ele defendeu que é preciso ampliar e fortalecer a fiscalização e dar mais transparência às informações, de modo a proteger a sociedade e ampliar a segurança no processo de liberação e uso dessas substâncias. Marco Antonio Delfino lembrou que a legislação brasileira é referência mundial no assunto e estabelece diversas condições e barreiras para o registro de novos agrotóxicos. As regras nacionais foram, inclusive, incorporadas pela União Europeia. No entanto, o País vive um cenário de redução do Estado.

Sem luzes

Neste domingo (17), durante o jogo entre Manaus e Ypiranga, na Arena da Amazônia, parte das luzes do estádio não funcionaram. Os equipamentos passaram por manutenção e foram realocados da Colina para o jogo do Brasil e Uruguai.

Entrevista

O deputado Fausto Jr. é o convidado desta segunda-feira (18) no programa ‘Pânico’, da Rádio Jovem Pan. Fausto vai falar sobre a participação na CPI da Covid no Senado, em junho. O programa será ao vivo e vai ao ar às 11h (Manaus). O deputado foi o relator da CPI da Saúde da Assembleia Legislativa. do Estado (ALE).

Telefonia

O vereador Luis Mitoso (PTB) reagiu contra o péssimo serviço de internet prestado pelas operadoras de telefonia móvel durante pronunciamento na Câmara Municipal de Manaus.

Motocicletas

Na próxima terça-feira (19), a Agencia de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) realiza licitação para comprar 10 motocicletas estilo ‘cross’ e 31 quadriciclos. Segundo a ADAF, a compra é para contribuir ‘ao incremento sustentável da produção agropecuária e o resguardo da saúde pública’.

Anúncio