Na Câmara Federal, 21 siglas poderão indicar líderes

De acordo com a Resolução da Câmara 30/18, que entra em vigor em 1º de fevereiro, para ter direito à indicação de liderança, o partido tem que cumprir a cláusula de barreira fixada pela Emenda Constitucional 97

Manaus – Na 56ª legislatura da Câmara dos Deputados, que se inicia nesta sexta-feira (1º de fevereiro), 21 partidos atingiram a chamada cláusula de barreira e poderão indicar líderes partidários. Desses, 12 já anunciaram seus líderes, que serão oficializados após a posse dos deputados. De acordo com a Resolução da Câmara 30/18, que entra em vigor em 1º de fevereiro, para ter direito à indicação de liderança, o partido tem que cumprir a cláusula de barreira fixada pela Emenda Constitucional 97. Segundo a emenda, terão direito a recursos do fundo partidário e acesso gratuito ao rádio e à televisão os partidos políticos que alternativamente, na legislatura seguinte ao pleito de 2018, obtiverem, nas eleições para a Câmara dos Deputados, no mínimo 1,5% dos votos válidos, distribuídos em pelo menos um terço dos Estados; ou tiverem elegido ao menos nove deputados federais também distribuídos em um terço dos Estados. Espontaneamente, as representações de dois ou mais partidos poderão constituir um bloco parlamentar, que passará a ter uma liderança comum.

Meritocracia

O general Antônio Miotto, ex-comandante do CMA, em Manaus, disse nesta segunda-feira (28), em sua conta no Twitter, que no Exército não há discriminação de sexo, raça e religião. “Homens e mulheres têm o mesmo soldo!!! A meritocracia impulsiona o avanço dentro da carreira!”, comentou.

Entrevista

O deputado Josué Neto (PSD) dará entrevista, nesta terça-feira (29), ao programa ‘DIÁRIO DA MANHÃ’, da RÁDIO DIÁRIO, que começa às 7h. O deputado é o único candidato para a presidência da ALE.

May Way

No coquetel de entrega das obras da Assembleia Legislativa, o presidente David Almeida deu uma ‘canja’ ao pedir do tecladista para cantar uma versão sua do clássico ‘My Way’ imortalizado por Frank Sinatra. A versão do deputado é uma homenagem para a filha Fernanda Ariel.

Comissões

A coligação liderada por por PP, do deputado Berlamino Lins, que desistiu de concorrer à presidência da Assembleia Legislativa terá o direito de escolher duas comissões técnicas, de acordo com o regimento interno. O PV também terá terá prioridade após eleger três deputados.

Anúncio
Anúncio