Novo presidente do TCE promete até drone em obras

A declaração veio em resposta à pergunta sobre o desafio dos auditores do tribunal na inspeção dos serviços públicos realizados pelos prefeitos

Manaus – Eleito o novo presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o conselheiro Mário de Mello revelou à coluna que vai usar drone para fiscalizar obras dos municípios no interior, além de outros equipamentos tecnológicos para aperfeiçoar o controle externo da Corte. A declaração veio em resposta à pergunta sobre o desafio dos auditores do tribunal na inspeção dos serviços públicos realizados pelos prefeitos. A qualidade do material usado na recuperação das ruas dos municípios, também, está no alvo de Mário de Melo, que prometeu ainda obter um equipamento semelhante ao usado pelo Tribunal de Contas do estado da Paraíba para medir a espessura do asfalto. Outra meta do novo presidente do TCE é o cumprimento da Lei da Transparência (Lei Complementar 131) pelos gestores públicos, que obriga a União, os estados e os municípios a divulgarem seus gastos na Internet em tempo real. Hoje, só 10 das 62 prefeituras aplicam a legislação, segundo um levantamento do Ministério Público de Contas (MPC), abrindo brechas para as arbitrariedades com dinheiro público.

Avanços na tramitação

Questionado se usaria alguma estratégia para acelerar o julgamento de processos dos gestores que devem disputar as eleições 2020, Mário de Mello elogiou a antecessora, Yara Lins. “Ela conseguiu fazer que o TCE julgasse as contas de 2012 para cá, o que é um avanço”.

Estigma eleitoral

O vereador Ronaldo Tabosa (sem partido) parece não ter sorte mesmo com o mandato. Há três eleições, ele vem tendo o mandato cassado, apesar da vitória nas urnas. Nesta terça-feira (15), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) fez o parlamentar perder o mandato por infidelidade partidária.

Votação perdida

Após deixar o Progressistas (antigo PP), a legenda havia ingressado com um pedido de cassação contra Tabosa e quer que o filiado Marisson Roger fique com a suplência deixada pelo deputado estadual Álvaro Campelo. Roger teve 737 votos nas eleições de 2016 e Tabosa, 6.945 votos.

Nova esquerdista

Apesar da resistência interna do PDT, a vereadora Glória Carrate foi anunciada, nesta terça-feira (15), como a nova filiada do PDT. “A vereadora Glória Carratte tem uma história de luta que comunga com os ideais trabalhistas do nosso partido”, disse Diego Afonso, líder da legenda na CMM.

Medo de represália

A baixa adesão dos professores ao protesto realizado nesta terça-feira (15) em frente à sede do governo contra a mudança no calendário salarial do Estado foi justificada com o medo de represálias. Do universo de mais de 10 mil professores em Manaus, cerca de 50 foram à manifestação.

Anúncio