Organização indígena questiona laudo sobre morte de cacique

Para a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), as informações veiculadas pela Polícia Federal contradizem o testemunho dos índios

Brasília – A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), entidade que defende direitos dos índios no País, questionou a conclusão de peritos da Polícia Técnica do Amapá (Politec-AP) de que foi afogamento a causa da morte do cacique Emyra Waiãpi, cujo corpo foi encontrado no dia 23 de julho, na Terra Indígena Waiãpi, no oeste do Amapá. Para a Apib, as informações veiculadas pela Polícia Federal contradizem o testemunho dos índios.

Foto: Divulgação/IPHAN

Abordagem

Em palestra realizada nesta quarta-feira (21), o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, irá traçar um panorama de como dotar 80% da cidade com saneamento básico até 2030, além de destacar avanços já obtidos em sua gestão, como a criação da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), que recebeu reconhecimento nacional esta semana.

Pedido

O prazo da licença-adotante de servidora publica federal não pode ser inferior ao prazo da licença-gestante o mesmo vale para as respectivas prorrogações. Com esse entendimento a 2ª Turma do TRF da 1ª Região por unanimidade, deu provimento à apelação de uma servidora pública federal que pedia a prorrogação da licença-maternidade para 180 dias em razão da adoção do filho com menos de um ano de idade.

Desonerações

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal aprovou uma solicitação de informações do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre as desonerações tributárias existentes em todo o País.

O Ministério da Saúde passou a recomendar a vacinação contra o sarampo em crianças com idade entre 6 meses e 11 meses e 29 dias para combater a disseminação do vírus no País. Nessa faixa etária, segundo a pasta, será ofertada uma dose complementar (Foto: Marcelo Camargo/ABr)