Oxford estuda uso de ivermectina no tratamento da Covid-19

De acordo com a universidade britânica, o estudo investiga tratamento para pessoas com sintomas graves decorrentes da Covid-19

Brasília – A Universidade de Oxford iniciou estudos sobre o uso de ivermectina no tratamento da Covid-19. A eficácia do medicamento não tem comprovação científica, embora tenha sido indicada por representantes políticos como Jair Bolsonaro. De acordo com a universidade britânica, o estudo chamado  (Platform Randomised Trial of Treatments in the Community for Epidemic and Pandemic Illnesses) investiga tratamento para pessoas com sintomas graves decorrentes da Covid-19. O estudo já contou com mais de cinco mil voluntários.

Foto: Reprodução / Pixabay

Retorno 1

O Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região – Amazonas e Roraima (TRT-11) publicou ato para regulamentar o processo de retorno progressivo das atividades presenciais no âmbito das unidades administrativas e judiciárias da Justiça do Trabalho no Amazonas e Roraima.

Retorno 2

Assinado pela presidente do TRT-11, desembargadora Ormy da Conceição Dias Bentes, e pela desembargadora corregedora Márcia Nunes da Silva Bessa, o documento prevê o retorno das atividades presenciais em uma fase preliminar e três etapas a partir de 5 de julho.

Proposta

O deputado federal José Ricardo apresentou projeto que prevê recursos para ações de prevenção e combate às consequências dos desastres naturais e humanos.

blank

A Câmara dos Deputados realiza uma audiência pública na próxima quarta-feira (30) para discutir projeto que obriga as locadoras de veículos presentes nos aeroportos a dispor de automóveis adaptados às pessoas com deficiência física (Foto: Geraldo Bubniak/Secretaria do Paraná)

Anúncio