Para PGR, Justiça deve atuar contra quem ameaça imprensa

Segundo a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, os atentados contra a vida de profissionais de imprensa uma forma de censura

Brasília – A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, propôs, nesta terça-feira (30), que a Justiça brasileira e o Ministério Público priorizem o julgamento de processos que têm jornalistas e comunicadores como vítimas de crime. Raquel Dodge disse que considera os atentados contra a vida de profissionais de imprensa uma forma de censura. A procuradora-geral afirmou que dar prioridade ao julgamento das ações judiciais contra comunicadores é uma forma de superar as mortes e ameaças motivadas pelo exercício da profissão no País. Ela classificou a situação como grave e relatou que os jornalistas, sobretudo os que denunciam corrupção, trabalham desprotegidos e expostos a risco. Dodge defendeu que o Estado deve enfrentar quem afronta os comunicadores e pediu uma reação do sistema de Justiça. A chefe do Ministério Público afirmou que os crimes contra a imprensa afetam a democracia brasileira e as liberdades individuais. Só a metade dos assassinatos de comunicadores é considerada solucionada pelo CNMP, conforme relatório divulgado nesta quarta (1º) pelo órgão.

Micro-ônibus

O Comando Militar da Amazônia (CMA) por meio da 12ª Região Militar publicou extrato para aquisição de viatura de transporte de pessoal tipo micro-ônibus ao custo de R$ 1,8 milhão da empresa Mascarello Carrocerias e Ônibus Ltda.

Campanha

O superintende da Zona Franca de Manaus, Alfredo Menezes, foi condecorado, na segunda-feira (29), com a Medalha Tiradentes, patrono das polícias militares do País. A outorga é concedida a autoridades civis e militares que tenham prestado serviços relevantes à sociedade. Durante o evento ainda foram entregues medalhas do Mérito Policial Militar e de Tempo de Serviço.

Trabalho

O santuário arquidiocesano de São José Operário, no bairro Praça 14 de Janeiro, promove, nesta quarta-feira (1º), a tradicional Festa do Padroeiros dos Trabalhadores em evento que inicia às 9 com uma carreata, prossegue com Missa Solene as 17h e as 18h com procissão. As 20h ocorre o arraial no santuário.

Prédio

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) inaugura, na próxima segunda-feira (6), um novo prédio para o atender pessoas que precisam de assistência jurídica na área de Família em Manaus. O imóvel fica na avenida André Araújo, próximo ao Fórum Henoch Reis.

Anúncio