Petrobras prossegue vendas, agora de usinas em Manaus

A petroleira começou o processo para repassar a sua participação de 93,7% na Breitener Energética

Manaus – A Petrobras mantém a todo o vapor a venda dos seus ativos no Amazonas. A petroleira começou o processo para repassar a sua participação de 93,7% na Breitener Energética, com a etapa de divulgação de oportunidade (teaser).

A Breitener possui duas unidades termelétricas, a UTE Breitener Tambaqui e a UTE Breitener Jaraqui, ambas situadas em Manaus, e com 315 MW de capacidade instalada. Após a conclusão do gasoduto Coari-Manaus, as unidades foram adaptadas para o combustível não poluente.

De acordo com a estatal, as usinas possuem 120 MW de capacidade contratada com a Amazonas Energia até 2025. O processo de desinvestimento da companhia no Estado começou com a venda do campo de gás de Azulão, em Silves, pela bagatela de US$ 50 milhões, após abortar a construção de uma usina de gás no local, que tem viabilidade comercial comprovada.

A segunda fase foi o anúncio de venda do gasoduto Coari-Manaus, além da privatização da Refinaria Isaac Sabbá, junto com outras sete plantas em outros Estados.

Escala

O avião do presidente Jair Bolsonaro fará uma parada técnica, em Manaus, prevista para 0h50, desta quarta-feira (15), na viagem que fará a Houston, Texas, acompanhado da primeira-dama Michelle.

Sebrae

O Sebrae Amazonas apresenta, nesta terça-feira (14), a programação da 11ª edição da Semana do Microempreendedor Individual (MEI), que acontece em Manaus e 25 cidades do interior, de 20 a 24 de maio.

Judiciário

A Escola Superior da Advocacia, em parceria com a Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região firmaram termo de cooperação para a formação de magistrados, advogados, servidores e a população.