PGR cobra de Wilson Lima segurança para indígenas

Os pedidos são resultado das reuniões realizadas nos últimos dois dias

Brasília – O procurador-geral da República, Augusto Aras determinou ontem o envio de ofícios ao governador do Amazonas, aos ministros da Justiça, da Defesa, das Comunicações, além do presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai) e ao diretor-geral da PF para cobrar implementação de providências para ampliar a segurança de indígenas, moradores e servidores públicos que atuam no Vale do Javari. Os pedidos são resultado das reuniões realizadas nos últimos dois dias, quando o PGR e uma equipe que integra a Administração Superior do Ministério Público Federal (MPF) estiveram na região onde o indigenista Bruno Pereira e o jornalista Dom Phillips foram mortos. Na oportunidade, eles ouviram lideranças indígenas, agentes públicos e autoridades locais. A necessidade de reforço no efetivo policial para garantir a segurança nos municípios de Atalaia do Norte e de Tabatinga e proteção aos agentes da Funai, foi mencionada nos documentos endereçados a Wilson Lima, Anderson Torres, general Paulo Sérgio e Márcio Nunes de Oliveira.

Apuração 1

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) instaurou um procedimento para acompanhar, junto ao Comando de Policiamento Área Norte (CPA Norte), a apuração de denúncias recebidas durante audiências de custódia sobre abuso de autoridade policial.

Apuração 2

O procedimento foi estabelecido em resposta a, aproximadamente, 156 denúncias mensais que são recebidas durante as sessões que acontecem no Fórum Ministro Henoch Reis, localizado na Avenida Paraíba, zona Sul de Manaus.

Consumidor

A Comissão de Defesa do Consumidor da ALE e o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM) fiscalizaram na zona norte de Manaus o tempo máximo de espera para atendimentos em estabelecimentos bancários, prestadores de serviços de educação e saúde privados..

Contas

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) julgará 74 processos nesta quarta-feira, 22. Além de prestações de contas, também serão julgados 29 recursos de gestores que tentam modificar as decisões proferidas anteriormente pelo TCE.

Remoções

Procuradora Regional dos Direitos do Cidadão Cecília Vieira de Melo Sá Leitão instaurou procedimento para fiscalizar as remoções aéreas de pacientes do interior do Estado para Manaus e a implantação de leitos de UTI em municípios polos.

Cargo

O general Eduardo Villas Bôas foi exonerado, ontem, ‘a pedido’, do cargo de assessor especial do ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno. A exoneração foi assinada pelo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira.

Pagamento

O deputado federal bolsonarista Carlos Jordy (PL-RJ) efetuou o pagamento de R$ 66 mil devido a Felipe Neto, após ser condenado pela Justiça do Rio de Janeiro a indenizar o youtuber por danos morais. Ele associou o influenciador ao massacre que aconteceu em uma escola pública em Suzano.

TSE vai receber denúncias sobre desinformação nas eleições

blank

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou ontem plataforma para o recebimento de denúncias de disseminação de desinformações pelas redes sociais durante o processo eleitoral de outubro. De acordo com o tribunal, o sistema de alerta permitirá que qualquer pessoa possa denunciar a irregularidade ao tribunal. As pessoas poderão acessar a página do TSE para denunciar a divulgação de informações equivocadas relacionadas ao pleito.

blank

Audiência O ministro de Minas e Energia Adolfo Sachsida voltou a defender, ontem, a privatização da Petrobras. “Um projeto de privatização que traga competição ao setor, que traga mais players, mais empresas, vai gerar um tremendo ganho”, disse.

Anúncio