Projeto cria documento único para porte de arma

Na proposta, o autor, deputado Nivaldo Albuquerque (PTB-AL), compara o novo documento à Carteira Nacional de Habilitação (CNH)

Brasília – Projeto de lei na Câmara dos Deputados cria documento único de porte de arma, válido por cinco anos, que atestará a capacidade do cidadão para portar toda e qualquer arma de sua posse, desde que legalmente adquirida e cadastrada. Na proposta, o autor, deputado Nivaldo Albuquerque (PTB-AL), compara o novo documento à Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Atualmente, as regras do porte de arma permitem o trânsito com até duas armas de fogo simultaneamente. Conforme o texto, serão exigidos da pessoa o documento relativo ao porte e o cadastro da arma portada, caso contrário haverá apreensão. A cada três anos, no mínimo, deverá ser feita a comprovação dos requisitos para o porte de arma, como emprego, residência, capacidade técnica e aptidão psicológica. Além disso, a proposta estabelece que o interessado na posse de arma de fogo deve ser submetido a exame toxicológico de larga janela de detecção, que identifica a presença de drogas psicoativas que se depositam, por exemplo, nos fios de cabelo ou nos pelos por um período de até 90 dias.

 

Saúde 1

 

O Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) recebeu concessão de patente de iogurte funcional que atua na prevenção de doenças gástricas.

 

Saúde 2

 

O produto foi desenvolvido por Márcia Castro, durante o doutorado, e pelos pesquisadores Carlos Cleomir de Souza e Helyde Marinho. O depósito da patente realizado em 2014 é de titularidade do Inpa e da empresa Biozer da Amazônia.

 

Prevenção

 

A Comissão do Idoso da OAB-AM e da Caixa de Assistência dos Advogados do Amazonas (Caam), juntamente com a Comissão de Vulnerabilidade Social organizam uma live, hoje, pelo Instagram @caaamazonas, com o tema: ‘Violência contra a pessoa idosa’, alusivo ao mês Junho Violeta.

 

Investimentos

 

Ações nas áreas de saúde, infraestrutura, educação e segurança pública fazem parte do Plano Verão Manicoré, lançado na última sexta-feira, 18, que contou com a presença do presidente da Assembleia Legislativa do Estado (ALE), deputado Roberto Cidade (PV).

Anúncio