Secom diz ao STF que não monitora jornalistas e parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF), pede esclarecimento sobre relatórios de monitoramento das atividades de parlamentares e jornalistas nas redes sociais segundo Revista Época

Brasília – A Secretaria de Governo e a Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) da Presidência prestaram nesta sexta-feira, 22, esclarecimentos à ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), sobre relatórios de monitoramento das atividades de parlamentares e jornalistas nas redes sociais, conforme reportagens publicadas pela Revista Época. A Secom negou o monitoramento.

A ministra do STF Cármen Lúcia partipa do Congresso Internacional de Direito e Gênero, na Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)

Perda

A morte por Covid da diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), a farmacêutica bioquímica Rosemary Costa Pinto foi mais uma grande perda pela doença.

Autazes

A Campanha S.O.S Autazes foi lançada nesta sexta-feira, 22, sob o comando do Instituto Acariquara e Prefeitura de Autazes dentro de um conjunto de ações humanitárias que, inicialmente, buscam suprir 7 mil famílias com cestas básicas, após o fim do auxílio emergencial do governo federal.

Voluntários

O grupo de 1,4 mil voluntários que participou do teste da Coronavac no Brasil começou a descobrir, desde quinta-feira, 21, se recebeu as duas doses da vacina contra a covid-19 ou se tomou placebo.

Conhecidos

Muita polêmica ainda vai envolver nomes conhecidos descobertos de terem tomado a vacina.

blank

(Foto: Tiago Corrêa/SES)

Transferência

Mais 17 pacientes acometidos pela Covid-19 foram transferidos do Amazonas para Belém (PA). Com o embarque, ocorrido por volta das 14h, o número de pessoas que saíram do estado para atendimento em outras capitais

 

Anúncio