‘Segurança pública não se faz só com repressão’, diz Wilson Lima

Nesta terça-feira (5), o governador foi para suas redes sociais mostrar projetos do Estado que atuam na ressocialização de presos, como obras em uma delegacia

(Foto: Reprodução)

Manaus – Após a morte de 17 suspeitos de tráfico de drogas pela polícia na semana passada, o governador Wilson Lima (PSC) foi, nesta terça-feira (5), para suas redes sociais mostrar projetos do governo que atuam na ressocialização de presos, como obras em uma delegacia. “Pasmem, com a mão de obra isenta realizada pelos presos essa restauração findou em um custo de R$ 2.300, valor apenas dos materiais utilizados na manutenção. A segurança pública não se faz só com repressão”, disse.

Nair se livra

A promotora Wandete de Oliveira Netto arquivou inquérito civil criado para apurar suspeitas de improbidade administrativa em denúncia que gerou cassação do mandato do ex-governador José Melo, em 2017, em contrato com a empresa pertence à Nair Blair.

Sem detalhe

Sem informações muito detalhadas sobre o arquivamento, a promotora cita que o inquérito visava investigar contrato do governo de Melo com empresa de Blair, no valor de R$ 1 milhão, e informa que os interessados podem recorrer contra a decisão no Conselho Superior do MP.

Intervenção

O prefeito Arthur Neto (PSDB) convocou seu staff para uma reunião, na noite desta terça-feira (5), na qual tratou sobre a intervenção do transporte público. O TCE deu cinco dias, a contar desta terça, para que a Prefeitura de Manaus apresentasse um relatório sobre a intervenção.

Sem energia

Durante toda a Sessão Plenária na Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM), na manhã desta terça, ocorreram várias interrupções em razão à queda de energia elétrica, obrigando o deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) a encerrar a sessão do dia.

Adiado

A pedido da Amazonas Energia, uma audiência pública que debate os blecautes do serviço da concessionária foi adiada desta semana para o próximo dia 13. A audiência foi proposta pelos deputados estaduais Álvaro Campelo (Progressistas) e Wilker Barreto (Podemos).

Em jejum

Deputado federal pelo Amazonas, Silas Câmara (PRB) apresentou projeto de lei na Câmara Federal para instituir o Dia Nacional de Jejum, Oração, Arrependimento e Perdão Pelas crianças e pelo Brasil, no dia 12 de outubro.

Deputados federais aprovaram PL que libera armas para caçadores. O Projeto de Lei 3723/19 foi aprovado com 283 votos favoráveis e 140 contrários. O PL segue para o Senado (Foto: Luis Macedo/Agência Câmara)

Anúncio