Senado aprova auxílio de R$ 4 bi para empresas de transporte

O texto prevê que, além das empresas privadas, os recursos podem ser destinados às empresas públicas ou de economia mista

Brasília – O Senado aprovou, nesta quarta-feira (18), projeto que prevê o repasse de R$ 4 bilhões a Estados e municípios com mais de 200 mil habitantes para garantir o serviço de transporte público coletivo de passageiros em razão da pandemia de Covid-19. A matéria já havia passado pela Câmara e agora segue para sanção presidencial. O texto prevê que, além das empresas privadas, os recursos podem ser destinados às empresas públicas ou de economia mista.

(Foto: Marcello Casal Jr./ABr)

Inclusão 2

Durante o evento, a presidente da Comissão Permanente de Acessibilidade e Inclusão do TRT11, juíza do Trabalho Edna Maria Fernandes Barbosa, apresentará as principais ações implementadas pelo Regional para atender os direitos da pessoa com deficiência e para conscientizar servidores.

Rede social

O Ministério da Saúde apagou uma mensagem no Twitter em que defendia o isolamento social como forma de evitar a Covid-19 e em que rebatia um usuário reforçando que não existe medicamento que previna a doença. A publicação ficou no ar por cerca de uma hora.

Sigilo

O Ministério Público Federal determinou que a Lava-Jato de Curitiba forneça cópia de todos seus bancos de dados sigilosos, para apurar se existem supostas irregularidades no material. A determinação foi proferida pouco depois que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin revogou o acesso de Augusto Aras aos bancos de dados.

Para dar continuidade ao processo de regularização fundiária de três territórios quilombolas, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos repassou R$ 2,5 milhões para que o Incra indenizasse os proprietários dos imóveis (Foto: Divulgação/Incra)

Anúncio