Senado discutirá mudanças no Código Florestal

O requerimento para a discussão sobre o tema é do senador Luis Carlos Heinze (PP-RS)

Manaus – O Senado vai discutir, na próxima quinta-feira (22), projeto de lei que altera a legislação ambiental referente ao Programa de Regularização Ambiental (PRA) e ao Cadastro Ambiental (CAR). Um tema que afeta proprietários rurais no Norte, especialmente, no Amazonas. O requerimento para a discussão é do senador Luis Carlos Heinze (PP-RS).

De acordo com Heinze, após sete anos da sanção do Código Florestal, muitos proprietários rurais ainda esperam que seus estados publiquem regras para adesão ao PRA e implantem esses programas. O senador defende prazo maior para a adesão, por considerar que a regularização ambiental é do interesse de todas as partes envolvidas.

Heinze afirma que, encerrando-se ao mesmo tempo os prazos para inscrição nos dois sistemas, os proprietários rurais que ainda não aderiram, por falta de regulamentação dos PRAs em seus estados, arcariam com obrigações de recuperação da vegetação em extensões maiores que os demais, além de serem impedidos de ter acesso ao crédito rural e estarem sujeitos a multas.

‘Barraco’

Ao visitar o município de Tonantins, a deputada estadual Joana D’Arc fez ‘barraco’ e ofendeu servidores de hospital na cidade. É o que mostra vídeo que viralizou, nesta quinta-feira (15), nas redes sociais. O episódio faz questionar por que a parlamentar não tem a mesma iniciativa em hospitais em crise em Manaus administrados pelo governo do Estado.

Reforço

Foi apresentado na Câmara Municipal de Manaus (CMM) proposta para criação de vagas para finalistas do curso de Psicologia e profissionais formados atuarem de forma voluntária e gratuita em escolas públicas municipais da capital.

Identificação

Tramita na Assembleia Legislativa do Estado (ALE) projeto do deputado estadual Belarmino Lins (PP) determinando que servidores ou prestadores de serviços de empresas portem identificação funcional em local visível quando da realização de entregas em domicílio.