Senadores cobram ações contra colapso na Saúde do AM

Médicos e familiares gravaram vídeos denunciando a falta de cilindros de ar

Brasília – Senadores repercutiram o colapso pela falta de oxigênio para pacientes internados com covid-19 em hospitais de Manaus, onde houve relatos de mortos por asfixia nessa quinta-feira (14). Médicos e familiares gravaram vídeos denunciando a falta de cilindros de ar. O estado registrou 3.816 novos casos de coronavírus em um dia, sendo 2.516 somente na capital. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, divulgou nota informando que articula medidas de emergência junto ao Palácio do Planalto para ajudar a combater os efeitos da nova onda da pandemia no estado. Nas redes sociais, Davi também disse que colocou o Congresso Nacional à disposição, em busca do que for necessário para minorar o sofrimento desses brasileiros. O líder do Podemos, senador Alvaro Dias (PR) destacou que cerca de 150 pacientes começaram a ser transferidos de Manaus para oito capitais brasileiras nesta sexta-feira (15). Segundo o parlamentar, duas aeronaves da Força Aérea Brasileira já iniciaram o transporte dos doentes para estados como Maranhão e Piauí.

Assédio

A Corregedoria-Geral de Justiça do Amazonas (CGJ) tornou pública que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) instituiu a Política de Prevenção e Enfrentamento do Assédio Moral, Assédio Sexual e Discriminação no âmbito do Poder Judiciário.

Acordo

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou procedimento para acompanhar a negociação e celebração de acordo firmado com ex-servidor da Funai acusado de oferecer expedição de Rani falsificado em troca de voto em campanha eleitoral, os quais configuram ato de improbidade administrativa.

Obra

Na cidade de Careiro, a prefeitura homologou contratação de empresa J. R. Leite pelo valor de R$ 2 milhões para serviços de obras de engenharia para construção da escola Arthur Menezes de Oliveira com seis salas de aula e uma quadra.