Senadores criticam avanço de atos antidemocráticos

No último final de semana, em Brasília, grupos que apoiam o presidente da República, Jair Bolsonaro, invadiram espaços externos do prédio do Congresso Nacional e atiraram fogos de artifício contra a sede do STF

Brasília – Através das redes sociais, senadores criticaram a escalada de manifestações antidemocráticas contra instituições do País e exigiram repressão contra os responsáveis. No último final de semana, em Brasília, grupos que apoiam o presidente da República, Jair Bolsonaro, invadiram espaços externos do prédio do Congresso Nacional e atiraram fogos de artifício contra a sede do STF. O líder da oposição, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), classificou os acontecimentos como “atos criminosos” promovidos por “fanáticos bolsonaristas”. Também acusou o presidente de estimular os manifestantes e pediu “união dos democratas” em defesa das instituições. O líder do MDB, senador Eduardo Braga (AM), disse ser “inaceitável” o ato contra o STF, que ele entende ser um “ataque”. líder do Cidadania, Eliziane Gama (MA), reiterou repúdio aos atos e compromisso em defender as instituições democráticas. O senador Fernando Collor (Pros-AL) afirmou ser “intolerável” a tentativa de intimidar violentamente o Judiciário.

Gastos

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra) publicou termo para contratar a empresa Pontual Serviços de Locação e Construtora Ltda. pelo valor de R$ 9,9 milhões para recuperação do Ramal Marechal Rondon (Km-91) e do Ramal São Felix (Km-93), localizados na AM-254, no município de Autazes.

Escolha

Em reunião realizada nesta segunda-feira (15), o Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) escolheu o deputado federal José Ricardo para representar a sigla nas eleições deste ano, que escolherá o próximo prefeito de Manaus. O nome do pré-candidato foi definido por meio de reunião online.

Desabafo

Em audiência pública realizada nesta segunda-feira (15) para discutir projeto de lei da Assembleia Legislativa do Estado (ALE), o conselheiro do TCE Ari Moutinho chamou o governador do Amazonas, Wilson Lima, de “cleptomaníaco” e “chefe de quadrilha” investigado pela Procuradoria da República.

Dados

Deputado federal pelo Amazonas, Capitão Alberto Neto (Republicanos) apresentou requerimento solicitando do Ministro Interino da Saúde, Eduardo Pazuello, informações sobre a divulgação de dados referentes aos casos de coronavírus no Brasil.

Anúncio