Situação da Seduc mostra que onde há fumaça há fogo

O desgaste recai sobre os ombros do secretário de Educação, o ex-deputado estadual Luiz Castro, que na atuação parlamentar sempre cobrou melhorias nesta área

Manaus – Após a greve de professores de 40 dias e o comprometimento do calendário escolar com a falta de reposição das aulas, fato atestado durante fiscalização do Ministério Público do Estado (MP-AM) nas unidades durante os sábados, mostra que este setor importante da gestão do governo enfrenta sérias dificuldades.

O desgaste recai sobre os ombros do secretário de Educação, o ex-deputado estadual Luiz Castro, que na atuação parlamentar sempre cobrou melhorias nesta área. Outro desgaste ocorreu com a aprovação do projeto que congela os salários do funcionalismo. Neste caso, não somente os professores, mas todos os funcionários de uma das maiores pastas da máquina estadual ficaram descontentes.

A situação provocou ruídos de que a permanência de Castro na pasta estava com os dias contados, o que foi desmentido pelo governador Wilson Lima, ao sair em defesa do secretário em comentários na esfera interna do governo. Mas onde há fumaça há fogo e surpresas podem ocorrer no primeiro escalão.

Saúde

O procurador da República José Gladston Viana Correia instaurou inquérito civil para apurar denúncias de irregularidades na execução do serviço de fretamento de táxi-áreo para transporte de pacientes do Distrito sanitário especial indígena (DSEI’s) no Amazonas.

Eficiência 1

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) publicou edital tornando pública a seleção de práticas de Gestão de Pessoas realizadas pelas unidades judiciárias e administrativas.

Eficiência 2

A iniciativa tem como um de seus objetivos promover o compartilhamento de experiências, métodos e informações entre setores e servidores do Poder Judiciário amazonense, incentivando suas replicações.

Obras

A Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) iniciou nova fase na execução das obras de construção de redes de esgoto na bacia do São Raimundo. Os serviços vão ocasionar a interdição parcial e total de ruas do bairro, assim como o itinerário do transporte público na localidade.

Anúncio