TCU determina plano de imunização para o País

Planejamento para permitir a produção ou aquisição de futuras doses de vacinas contra a Covid-19 deve ser enviado pela Casa Civil da Presidência da República, no prazo de 15 dias

Brasília – O Tribunal de Contas da União (TCU) analisou 3º relatório de acompanhamento de natureza operacional com o objetivo de avaliar e acompanhar a governança do Centro de Governo (CG) durante o enfrentamento da pandemia de Covid-19. O tribunal determinou à Casa Civil da Presidência da República que lhe envie, no prazo de 15 dias, as ações planejadas para permitir a produção ou a aquisição de futuras doses de vacinas contra a Covid-19 para a imunização da população brasileira. Devem ser indicados inclusive os riscos e as contramedidas associadas para mitigá-los. O TCU também recomendou à Casa Civil da Presidência da República que, entre os critérios de enquadramento, para fins de seleção dos projetos do programa Pró-Brasil, passe a adotar aquele relacionado à redução de contaminação e de mortes causadas pela pandemia causada pela Covid-19. Atualmente, na priorização dos projetos do Pró-Brasil, estão somente os parâmetros: gerar empregos diretos e indiretos além de gerar rápida ativação econômica.

Borracha

A Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) realiza licitação para adquirir 160 mil canecas para extração de látex de árvores seringueiras e mais 160 mil bicas suporte para canecas de extração látex.

Supermercados

Projeto discutido na Câmara Municipal de Manaus (CMM) propõe a instalação obrigatória de banheiros em supermercados de médio e grande porte de Manaus. Os locais devem ser separado por sexo e com dependências próprias às pessoas com necessidades especiais ou com mobilidade reduzida.

Veículos

A cidade de Manaus registra, até julho, uma frota de 807.663 veículos, de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública. Em julho do ano passado, a capital registrava 775.954 veículos. Um ano o aumento da frota foi de 4%.

Milhões

A prefeitura de Novo Airão publicou extrato para contratar a empresa Infra Construções e Serviços Ltda., pelo valor de R$ 3,9 milhões para serviços de recapeamento com calçada, meio fio e sarjetas nos bairros de Novo Horizonte e Nova Esperança, naquele município.

Anúncio