TJAM escolhe Wellington Araújo para vaga no TRE

Wellington Araújo substituirá o desembargador Aristóteles Lima Thury, que faleceu em 14 de fevereiro deste ano

Manaus – Os desembargadores do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) escolheram, nesta terça-feira (30), o nome do desembargador Wellington José de Araújo para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em vaga aberta devido ao falecimento do desembargador Aristóteles Lima Thury, ocorrido em 14 de fevereiro deste ano. Thury era presidente da Corte Eleitoral amazonense, cuja gestão encerra no dia 7 de maio de 2022. Wellington Araújo, escolhido na sessão desta terça do TJAM, substituirá Thury na composição do colegiado, no entanto, a definição acerca da função de presidente da Corte Eleitoral caberá ao próprio órgão, em data ainda a ser confirmada. Antes de iniciar a votação por sistema, de forma remota, o presidente do TJAM, desembargador Domingos Chalub, informou que os votos seriam computados de forma sigilosa, conforme determina a legislação para escolha de membro do TRE. O desembargador Wellington recebeu 17 votos dos magistrados do TAJM e agradeceu a todos os colegas que compõem o colegiado.

Prestação

O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro Mario de Mello, comunicou, nesta terça-feira (30), que o tribunal entregou a prestação de contas à Assembleia Legislativa do Estado (ALE). Segundo a legislação, a análise das contas do TCE deve ser feita pelo Legislativo estadual anualmente.

Auxílio 1

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador David Reis (Avante), vai colocar em votação, nesta quarta-feira (31), o projeto de Lei da Prefeitura de Manaus que cria o ‘Auxílio Empreendedor’.

Auxílio 2

A proposta dá continuidade da atividade econômica dos permissionários, empreendedores e informais de Manaus em razão da pandemia da Covid-19.

Cartórios

A Corregedoria-Geral de Justiça do Amazonas (CGJ/AM) anunciou, nesta terça-feira (30), que dará início a fiscalizações/correições em mais 12 cartórios que funcionam na capital. As 12 correições serão realizadas em Ofícios de Registro de Imóveis, Tabelionatos de Notas e demais serventias extrajudiciais e somam-se a outras dez inspeções, já anunciadas, e que serão realizadas em todos os cartórios de Registro Civil das Pessoas Naturais de Manaus.

Anúncio