TSE e CNJ farão coleta biométrica da população carcerária do País

O objetivo é conhecer, enfim, quem são as pessoas sob custódia do Estado, pois, até hoje, não há dados confiáveis sobre todas elas

Brasília – O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) assinaram acordo para fazer a coleta biométrica de toda a população carcerária do Brasil. O objetivo é conhecer, enfim, quem são as pessoas sob custódia do Estado, pois, até hoje, não há dados confiáveis sobre todas elas. A biometria deve ajudar também na emissão de documentos que identifiquem os presos, como RG e CPF.

(Foto: Nelson Jr./Ascom/TSE)

Conselho

Em decreto publicado nesta quinta-feira (11), no Diário Oficial da União (DOU), o presidente Jair Bolsonaro nomeou o ministro da Economia Paulo Guedes como novo presidente do Conselho de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus (CAS/Suframa). Guedes já afirmou ser contra subsídios.

Sesi

A Câmara Municipal de Manaus vai homenagear o Serviço Social da Indústria (Sesi), pelos seus 70 anos de atuação no Amazonas, em sessão solene no dia 14 de agosto. O autor do requerimento é o vereador Elissandro Bessa (Solidariedade).

Cartilha

A Controladoria Geral da União (CGU) lançou a 1ª Edição do Game da Cidadania para estimular a reflexão e a conduta ética e cidadã entre o público adolescente e jovem.

O secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, participa do seminário ‘O padrão Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) de preços de transferência e a abordagem brasileira: o caminho à frente’ (Foto: José Cruz/ABr)