Pelos menos, dez editais de concursos estão previstos para 2019; saiba quais são

Professor especialista no assunto dá dicas. Um delas é estudar com base em editais anteriores do órgão para o qual o candidato pretende concorrer

Manaus – Para quem tem como meta a estabilidade profissional com a tão sonhada aprovação em um concurso público, os chamados ‘concurseiros’, 2019 é um ano muito esperado. Segundo o professor Renato Cabral, especialista em provas de concursos públicos, o ano tem, pelo menos, dez certames previstos. Entre os mais aguardados estão o da Polícia Civil do Amazonas (PCAM), Polícia Militar do Amazonas (PMAM) e Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM).

Outros concursos também estão previstos para terem seus editais lançados em 2019, como o do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE/AM), Secretaria Municipal de Finanças (Semef) – que deve ter o edital lançado a qualquer momento, pois a banca já foi escolhida -, Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Secretaria Municipal de Administração (Semad), Receita Federal, Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) e Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Renato Cabral alerta sobre a importância de começar a preparação sempre com bastante antecedência, já que as provas são aplicadas no período de 60 a 120 dias após a publicação do edital, tempo curto e, segundo ele, não suficiente para uma possível aprovação. “Faça um planejamento para obter resultados em médio ou longo prazo (6 meses em diante). Um tempo atrás, dizíamos que se estudava para concurso não para passar, mas até passar. Hoje, dizemos que se estuda para concurso até ser nomeado. Disciplina, resiliência, foco e paciência”, orienta.

Entre as dicas para quem deseja se preparar para os concursos públicos previstos para 2019, o professor destaca o estudo com base em editais anteriores do órgão para o qual o candidato pretende concorrer, já que de modo geral, o conteúdo programático é semelhante. Também é necessário escolher um bom preparatório e fazer uso de bons materiais de estudo.

A administradora e advogada Izabel Cerdeira frequenta cursinhos preparatórios há pelo menos um ano e considera necessário manter os estudos sempre atualizados. “É importante porque os editais têm o conteúdo programático extenso abrangendo pelo menos dez disciplinas e da publicação até a prova o prazo é de dois a três meses, na maioria dos casos, sendo difícil estudar todo o edital em curto tempo”, explicou a concurseira, que tem como objetivo atual a aprovação no concurso da Polícia Civil do Amazonas, previsto para ter o edital publicado ainda no primeiro semestre do ano. “A meta principal é o concurso pra delegada da PCAM. Mas há a expectativa de sair edital para o TJAM e alguns outros órgãos e farei as provas também até como preparação para concursos futuros”, afirma Izabel.