AM recebe 40 mil doses de AstraZeneca para vacinação de trabalhadores da educação

Medida atende decisão judicial para imunização de profissionais contra a Covid-19

Manaus – O Amazonas recebeu, na tarde deste sábado (22), mais 40 mil doses de vacinas contra a Covid-19. Obedecendo decisão judicial, o lote do tipo AstraZeneca será destinado, especificamente, para imunização de trabalhadores da educação de Manaus, incluindo profissionais da rede municipal, estadual e de Ensino Superior.

O lote de vacinas foi desembarcado em Manaus por volta das 15h30, sendo escoltado do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes até à Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), local de armazenamento das vacinas. O lote complementa as doses que chegaram na 20ª remessa, no dia 18 de maio, quando foram entregues 56.060 doses pelo Ministério da Saúde.

O lote do tipo AstraZeneca será destinado para imunização de trabalhadores da educação de Manaus (Foto: Lucas Silva / Secom)

De acordo com a FVS-AM, as doses garantem o esquema vacinal para trabalhadores da educação, que não se enquadram em outros grupos prioritários, os quais são definidos pelo Plano Nacional de Imunização (PNI).

Vacinação

A vacinação de profissionais da educação iniciou no dia 17 de maio, no município de Iranduba (a 27 quilômetros a sudoeste de Manaus). Uma Nota Técnica publicada no último dia 14 destinou quase 10 mil doses de imunizantes para a fase inicial da vacinação desse público.

A chegada de mais 40 mil doses está em consonância com a decisão da juíza da 1ª Vara da Federal do Amazonas, Jaiza Fraxe, que determinou que a União encaminhe a quantidade de doses extras de vacinas contra a Covid-19 para imunizar professores.

Consolidado diário

Dados parciais do Programa Nacional de Imunização da FVS-AM (PNI/FVS-AM) apontam que 1.140.203 doses foram aplicadas em todo o Estado até este sábado (22), sendo 715.086 de primeira dose e 425.117 de segunda dose. A informação está disponível no site da FVS-AM.

As informações consolidadas pela FVS-AM são disponibilizadas pelas secretarias municipais de saúde, responsáveis pela operacionalização da imunização contra Covid-19 em suas cidades.

Anúncio