Amazonas recebe 106 mil doses de vacinas, incluindo um primeiro lote da Janssen

A vacina Janssen, da fabricante Johnson & Johnson, é a novidade desta remessa

Manaus – O Amazonas recebeu 106 mil doses de vacinas contra a Covid-19, na tarde desta quinta-feira (24). Foram enviadas doses de três imunizantes: CoronaVac (52.000), Pfizer (32.760) e Janssen (21.850), esta última entregue pela primeira vez ao Amazonas.

(Foto: Arthur Castro/Secom)

Os imunizantes enviados fazem parte das 37ª, 38ª e 39ª pautas de distribuição, elaboradas pelo Ministério da Saúde (MS), através do Plano Nacional de Imunização (PNI). A vacina Janssen, da fabricante Johnson & Johnson, é a novidade desta remessa.

A diferença deste imunizante para os demais está na dose única, como explica a chefe do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Adriana Elias.

“Essas vacinas serão destinadas aos públicos dos grupos prioritários, com exceção de grávidas e puérperas nesse momento. Vale destacar que é uma vacina que a única diferenciação das demais já utilizadas na campanha é a dose única. Segue o mesmo mecanismo de administração e conservação das vacinas AstraZeneca e CoronaVac”, explica Adriana.

As vacinas foram transportadas no voo LA 3182, da companhia aérea LATAM. O avião com os imunizantes aterrissou por volta de 15h em Manaus. Após o desembarque, as doses da CoronaVac e da Janssen foram direcionadas à sede da FVS-AM, já as doses da Pfizer foram encaminhadas para a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), ambos os transportes escoltados pela Polícia Federal.

Anúncio