Amazonas registra 1.461 novos casos de Covid-19, segundo boletim da FVS

Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 306 pacientes internados, sendo 199 em leitos clínicos e 107 em UTI

Manaus – O Amazonas registrou mais 1.461 casos de Covid-19 nesta quarta-feira (1º), sendo 15 casos confirmados por exame de biologia molecular RT-PCR e 1.446 por testes rápidos, totalizando 72.284 casos confirmados do novo coronavírus no estado, segundo boletim epidemiológico consolidado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

Ainda segundo o boletim, foram confirmados mais 20 óbitos pela doença, dos quais quatro ocorridos nas últimas 24 horas e outros 16 que tiveram confirmação diagnóstica na data de hoje, elevando para 2.843 o total de mortes.

(Foto: REUTERS/Agustin Marcarian)

Ao todo, 58.822 pessoas já passaram pelo período de quarentena (14 dias) e se recuperaram da doença. O boletim aponta ainda que 10.619 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas, ou seja, são casos confirmados nos últimos 14 dias, que se encontram internados ou em isolamento domiciliar.

Internações

Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 306 pacientes internados, sendo 199 em leitos clínicos (17 na rede privada e 182 na rede pública) e 107 em UTI (25 na rede privada e 82 na rede pública).

Há ainda outros 160 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 117 estão em leitos clínicos (19 na rede privada e 98 na rede pública) e 43 estão em UTI (10 na rede privada e 33 na rede pública).

Municípios

Dos 72.284 casos confirmados no Amazonas até esta quarta-feira (1º), 27.820 são de Manaus (38,49%) e 44.464 do interior do estado (61,51%).

Além da capital, 60 municípios têm casos confirmados: Coari (3.800); Manacapuru (3.140); Tefé (2.814); São Gabriel da Cachoeira (2.743); Parintins (2.608); Itacoatiara (1.548); Benjamin Constant (1.462); Tabatinga (1.449); Iranduba (1.248); Presidente Figueiredo (1.094); Santo Antônio do Içá (1.004); Barcelos (1.062); Maués (995); Autazes (983); Alvarães (995); Careiro Castanho (923); Humaitá (767); Tapauá (677); Rio Preto da Eva (653); São Paulo de Olivença (652); Boca do Acre (627); Barreirinha (629); Anori (566); Fonte Boa (564); Lábrea (546); Uarini (529); Carauari (522); Itapiranga (514); Atalaia do Norte (520); Nova Olinda do Norte (503); Eirunepé (478); Pauini (474); Tonantins (463); Borba (446); Guajará (442); Beruri (434); Novo Aripuanã (418); Amaturá (415); Urucurituba (405); Santa Isabel do Rio Negro (371); Urucará (368); Itamarati (342); Anamã (294); Manaquiri (273); Japurá (270); Jutaí (260); São Sebastião do Uatumã (238); Juruá (237); Manicoré (225); Novo Airão (219); Boa Vista do Ramos (216); Maraã (207); Silves (162); Nhamundá (153); Codajás (151); Caapiranga (150); Canutama (89); Careiro da Várzea (81); Apuí (42) e Ipixuna (4).

Envira é o único município do Amazonas sem casos confirmados de Covid-19.

Óbitos

Entre pacientes em Manaus, há o registro de 1.804 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus.

No interior, são 55 municípios com óbitos confirmados até o momento, em um total de 1039. A lista inclui Manacapuru (125); Coari (85); Tefé (79); Parintins (78); Tabatinga (74); Itacoatiara (53); São Gabriel da Cachoeira (44); Iranduba (43); Maués (31); Autazes (27); Benjamin Constant (27); Barcelos (23); Presidente Figueiredo (20); Nova Olinda do Norte (20); Santo Antônio do Içá (19); São Paulo de Olivença (18); Humaitá (18); Borba (18); Fonte Boa (16); Tonantins (14); Jutaí (14); Careiro Castanho (13); Rio Preto da Eva (13); Alvarães (13); Manaquiri (12); Anori (10); Boca do Acre (10); Novo Aripuanã (9); Amaturá (8); Barreirinha (7); Lábrea (7); Beruri (6); Carauari (6); Uarini (6); Itapiranga (6); Novo Airão (6); Santa Isabel do Rio Negro (6); Nhamundá (5); Urucará (5); Manicoré (5); Silves (4); Careiro da Várzea (4); Caapiranga (4); Pauini (4); Urucurituba (4); Tapauá (3); Codajás (3); Maraã (3); Atalaia do Norte (2); Boa Vista do Ramos (2); Itamarati (2); Guajará (1); Japurá (1); São Sebastião do Uatumã (1).

Outros 101 óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) estão sendo acompanhados. Dentre estes, 91 estão em investigação epidemiológica e 10 aguardando resultado laboratorial. Ao todo, 437 foram descartados para o novo coronavírus.