Covid-19: Decreto é prorrogado e feriado do Carnaval é suspenso no AM

Após a pressão dos feirantes, partir de segunda-feira (1º), feiras estão autorizadas a funcionar de 04h às 15h

Manaus –  Foi prorrogado o decreto que restringe a circulação de pessoas por 24h, com alterações. A partir de segunda-feira (1º), feiras estão autorizadas a funcionar de 04h às 15h, e serviços de delivery para materiais elétricos e mecânicos estão liberados. O novo decreto também suspende o ponto facultativo do Carnaval e autoriza o retorno das aulas da rede estadual, de forma online. As mudanças foram anunciadas pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, na tarde desta sexta-feira(29), durante live nas redes sociais.

Conforme anunciado na coletiva, o governo fez algumas alterações no decreto, que iria até dia 31 de janeiro e que foi prorrogado até dia 07 de fevereiro. As fábricas de embalagens de alimentos, bebidas, limpeza higiene pessoal e remédios, além de sacolas para supermercados. Também foi liberado o delivery para materiais elétricos, hidráulicos e pneumáticos no horário de 8h às 17h e ainda o delivery para peças de veículos pesados, como ônibus, caminhão e ambulâncias que também funciona de 8h às 17h.

Após pressão dos feirantes, o chefe do executivo estadual também modificou o horário de funcionamento de feiras, que passam a ficar abertas de 4h às 15h. O horário foi ampliado, no decreto anterior poderia funcionar de 4h às 10h. a justificativa pelo horário ser estendido é evitar aglomerações.

Outro decreto é que não haverá feriado no Carnaval, que segundo o Governo, é para evitar aglomerações e que as pessoas viagem. Também vai ser baixado em decreto o retorno nas aulas não presenciais e de forma remota, apenas pela internet e na TV estatal. Os detalhes de como as aulas vão acontecer, vão ser passados posteriormente.

“Não é uma decisão que eu quero estar tomando, é uma decisão necessária. Todo mundo tem um parente, um amigo que está sendo acometido pela covid-19. Muito provavelmente você já recebeu uma mensagem de alguém a procura de um leito clínico ou de UTI. Essa é uma responsabilidade de todos nós que estamos numa guerra”, disse o governador Wilson Lima.

O decreto vai começar a valer na próxima segunda-feira, dia 01 de fevereiro e se estende até o dia 07 do mês. A restrição de circulação de pessoas durante todo o dia continua, como o fechamento do comércio e dos estabelecimentos não essenciais restringidos no último decreto. Caso não haja uma diminuição dos casos, o decreto pode ser prorrogado por mais tempo. Foi divulgado também que no site da Fundação de Vigilância e Saúde (FVS-AM), vai ser disponibilizado o número de pessoas vacinadas e como está a distribuição de vacinas no estado.

** Matéria atualizada às 13h58*

 

Anúncio