Decreto autoriza retorno das aulas de forma híbrida e vacinação de professores do AM

Houve a ampliação no horário de funcionamento de bares, flutuantes e restaurantes

Manaus – O governo do AM divulgou na manhã desta sexta-feira (14), as novas medidas de flexibilização no horário de funcionamento de comércios e a autorização do retorno das atividades educacionais no Estado. Diante do cenário, foram alterados os horários de bares, flutuantes e restaurantes.

Um estudo feito pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) indicou que esses espaços são seguros para o retorno das atividades (Foto: Secom/ Divulgação)

Segundo o novo decerto, a circulação de pessoas continua restrita, das 0h às 6h. O horário de funcionamento dos shopping de Manaus, no domingo, foi ampliada até as 21h. Pela semana, continua até as 22h. Parques e recreações infantis foram liberados, vedado apenas: túneis, piscina de bolinho e brinquedos de uso coletivo.

Espaços públicos monitorados pelo Estado, a exemplo do Teatro Amazonas, será liberado para visitação feito mediante agendamento.

Bares flutuantes e restaurantes

Os bares, flutuantes e restaurantes de Manaus, terão o funcionamento ampliado no domingo até as 22h, na semana continuam no horário normal de atendimento até as 23h, permitido o uso do brinquedoteca, vedado as piscinas de bolinhas e os brinquedos de uso coletivo.

O novo decreto também flexibilizou os horários de funcionamento de marinas e flutuantes que possuem o CNAE de restaurante, estes estão liberados até às 18h.

Aulas presenciais e vacinação de professores 

A partir de quarta-feira (19) foi autorizado o retorno das aulas semi presenciais, tendo início no interior do Estado. As escolas já foram adaptadas conforme os protocolos e medidas de segurança ao combate da Covid-19.

Na segunda-feira (17), começa a vacinação dos professores da região metropolitana. Gradativamente, será estendida aos demais municípios. Um estudo feito pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) indicou que esses espaços são seguros para o retorno das atividades.

Variante do Reino Unido

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) notificou a confirmação de um caso positivo da variante do Reino Unido, conhecida como B.1.1.7, oriunda de uma pessoa que veio de SP. O trabalhador esteve em Manaus para prestar serviços no polo industrial. Todas as medidas foram tomadas e ele retornou para o seu município.

Anúncio