Hospital Nilton Lins será reativado para auxiliar no combate a Covid-19

O anúncio foi feito pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, na noite desta sexta-feira (8)

Manaus – Com o avanço do número de casos da Covid-19 em Manaus, o Hospital Nilton Lins será reaberto, visando ampliar os leitos da rede estadual de saúde. O anúncio foi feito pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, na noite desta sexta-feira (8). Atualmente existem cerca de 1.164 leitos no Estado.

Hospital Nilton Lins será reaberto (Foto: Divulgação/Secom)

Após meses sem ações mais contundentes contra a doença causada pelo novo coronavírus, o Governo do Amazonas observou o colapso na saúde pública estadual e optou pela reabertura do hospital de campanha, afirmando que o sistema de saúde está próximo do limite, justificando a reativação.

O governador Wilson Lima afirmou que aguarda a ajuda de empresas que tenham interesse em atuar no local. “Já estamos com a estrutura apta para começar a funcionar e iremos fazer um chamamento público para as empresas que têm interesse em prestar os serviços na unidade. As sessões de contratação serão públicas e terão a participação de representantes dos órgãos de controle”, afirmou.

blank

Governador afirmou que aguarda ajuda de empresas que tenham interesse em atuar no hospital de campanha (Foto: Divulgação/Secom)

Além do espaço físico, camas, colchões e respiradores serão necessários para compor a unidade. Existe também a necessidade de pessoal e insumos, com a contratação de profissionais de saúde para fortalecer os serviços de atendimento nas unidades de urgência e emergência. Segundo Lima, o processo já está em andamento.

O aumento da oferta de leitos clínicos e de UTI também conta com apoio do governo federal, por meio das unidades de saúde referenciadas e na oferta de equipamentos e medicamentos para rede de saúde do Estado.

Anúncio