Manaus registra 1 milhão de doses de vacinas aplicadas contra a Covid-19

Foram aplicadas mais de 30 mil doses em menos de nove horas de atendimento durante a intensificação da vacinação

Manaus – O prefeito David Almeida anunciou, às 16h deste sábado (19), a marca de 1 milhão de doses de vacinas contra a Covid-19 aplicadas nas pessoas dos grupos prioritários e população geral de Manaus. O chefe do Executivo municipal fez questão de acompanhar a “virada” do Vacinômetro, no ponto que funciona no Centro Cultural dos Povos da Amazônia (CCPA), na zona sul da capital. No início da tarde, a prefeitura anunciou a antecipação para 34 anos do público apto a receber a vacina. Foram aplicadas mais de 30 mil doses em menos de nove horas de atendimento durante a intensificação da vacinação.

Após a aplicação da milionésima dose, houve comemoração no CCPA, com a soltura de 500 balões brancos e queima de fogos. “Esse é um momento histórico para a nossa cidade. Exatamente nesta data, 19, completamos cinco meses de campanha. Essa marca, de um milhão, representa uma média de 6,6 mil doses aplicadas por dia, se considerarmos os 150 dias desse período. Um resultado que só com muito empenho e dedicação de todos os envolvidos, servidores e parceiros, poderia ser alcançado”, destacou David.

Após aplicação da milionésima dose, houve comemoração com soltura de balões e queima de fogos (Foto: Ruan Souza / Semcom)

O prefeito fez questão de agradecer também a todos os parceiros privados da prefeitura, que disponibilizaram os espaços para a instalação dos postos de vacinação e afirmou que está pronto para realizar um novo “Mutirão de Imunização”, caso o Governo do Amazonas repasse novas doses para Manaus.

“Agora vou ficar aguardando a ligação do governador (Wilson Lima), para que a gente possa fazer uma nova campanha, um novo mutirão, já na próxima semana, para baixarmos ainda mais dez anos e alcançar a faixa etária de 24 anos”, afirmou o prefeito.

Ao receber a vacina, a universitária Hellen Pereira, 34, simbolizou a milionésima dose aplicada na campanha. “Estou muito emocionada. Foi uma surpresa para mim. Agradeço a Deus e à prefeitura por nos proporcionar essa vacinação”, disse.

Campanha em Manaus

A vacinação contra a Covid-19 em Manaus começou no dia 19 de janeiro. À medida em que recebia as doses, o município avançava no atendimento aos grupos elencados no planejamento do Ministério da Saúde. Para isso, a Semsa montou uma estratégia de forma a possibilitar a aplicação da vacina sem aglomerações. Mais uma vez foi usada a modalidade de drive-thru, além dos postos fixos, para pedestres.

blank

A universitária Hellen Pereira, 34, simbolizou a milionésima dose aplicada na campanha (Foto: Ruan Souza / Semcom)

Recursos tecnológicos

Com o avanço da campanha, a Semsa criou ferramentas contemplando três perspectivas: a do cidadão, a da transparência da vacinação, de interesse da sociedade em geral, independentemente de estar ou não em grupos cuja imunização estivesse em curso, e a da coordenação da campanha: o Imuniza Manaus, visando organizar o fluxo de atendimento e assegurar a vacinação dentro dos prazos estabelecidos pelos fabricantes das duas vacinas em uso na capital, CoronaVac e AstraZeneca. Desta forma, o cadastro e a consulta de agendamento da vacinação passaram a ser feitos por meio da internet.

Outro recurso foi o Sistema Municipal de Imunização/Covid (SMV/Covid) para o registro e o acompanhamento das vacinas aplicadas na capital amazonense. O sistema foi criado para suprir a necessidade de um banco de dados sobre a vacinação contra a Covid-19 em Manaus. A ferramenta já existia e era utilizada em campanhas tradicionais, com base em metodologia antiga, que fazia a contagem por grupos vacinados. Para atender à campanha da Covid-19, foram feitas adaptações para permitir a leitura “personalizada”, ou seja, pelo CPF de cada cidadão vacinado.

Também foi disponibilizado pela Semsa o “Vacinômetro”, que passou a divulgar, em tempo real, informações sobre o número de vacinados, de quais grupos e o desempenho de cada posto de vacinação, entre outros dados.

Há uma semana, a Prefeitura de Manaus criou um serviço, via internet, que orienta o usuário sobre a situação das filas de espera nos postos de vacinação. O “Filômetro”, como passou a ser chamado, mostra ao usuário a situação, em tempo real, da procura por vacina em cada posto, permitindo que a pessoa opte pelo local de menor movimento. O serviço pode ser consultado aqui.

Parcerias

Nesses cinco meses, a Prefeitura de Manaus tem contado com a parceria de instituições públicas e privadas, no apoio direto e indireto à operacionalização da campanha, seja na garantia da segurança, com a escolta no transporte das doses; no apoio nos pontos de vacinação; na cessão de espaços para o atendimento ao público; na organização do trânsito nas áreas onde estão localizados os postos de vacinação e em muitos outros setores. “Nós só temos a agradecer a essas instituições. Sozinhos não conseguiríamos chegar até aqui. Nossas equipes seguem na campanha e o apoio dos parceiros têm sido primordial”, finalizou o prefeito David Almeida.

Anúncio