Manaus ultrapassa marca de 1 milhão de pessoas vacinadas com a primeira dose contra a Covid-19

Até as 16h desta sexta-feira (9), as equipes de vacinação já haviam aplicado mais de 1,3 milhão de doses, entre primeira, segunda e única

Manaus – A Prefeitura de Manaus registrou nesta sexta-feira (9), mais de um milhão de pessoas que receberam a primeira dose e dose única de vacinas contra a Covid-19. O “Vacinômetro” municipal aponta 976.554 pessoas com a primeira dose e 24.289 doses únicas desde o início da campanha em Manaus, no dia 19 de janeiro deste ano. Até as 16h desta sexta-feira (9), as equipes de vacinação coordenadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) já haviam aplicado mais de 1,3 milhão de doses, entre primeira, segunda e única.

O prefeito David Almeida, que acompanha diariamente a evolução dos números na plataforma da Semsa, lembrou que há 20 dias a cidade festejava o primeiro milhão de doses aplicadas. “Falta pouco para alcançarmos todas as pessoas aptas a receberem vacina”, afirmou.

Manaus ultrapassa marca de 1 milhão de pessoas vacinadas com a primeira dose contra a Covid-19 (Foto: Ruan Souza / Semcom)

Do total de pessoas vacinadas contra a Covid-19 em Manaus, 340 mil, ou seja, 24%, já receberam as duas doses da vacina ou a dose única da farmacêutica Janssen, completando o ciclo vacinal preconizado pelos laboratórios.

Nesta sexta-feira (9), a Prefeitura começou a vacinar com a primeira dose o público a partir de 20 anos. Juntas, as três idades (20, 21 e 22 anos) anunciadas pelo prefeito no final de tarde de quinta-feira, somam 130.930 pessoas. Com isso, ficam faltando apenas duas idades (18 e 19 anos), que concentram 84.154 pessoas.

A secretária titular da Semsa, Shádia Fraxe, visitou os pontos de vacinação abertos nesta sexta-feira para receber o público de 20 anos e mais, iniciando pela Unidade Básica de Saúde Luiz Montenegro, na região sul da cidade.

“Temos trabalhado com um planejamento rigoroso e isso tem permitido que avancemos cada vez mais nas idades, uma vez que nos grupos prioritários iniciais, que o Ministério da Saúde definiu no plano nacional de vacinação, já alcançamos as metas. Tudo o que fazemos é muito bem calculado, considerando a população estimada e a quantidade de doses que recebemos”, destacou.

Durante todo o dia, a Semsa manteve 19 pontos de vacinação em funcionamento, incluindo os sete tradicionais e mais 12 UBSs e escolas da rede pública. A ampliação no número de unidades e pessoas envolvidas na recepção, triagem e vacinação (mais de 1,3 mil servidores, além de colaboradores das Forças Armadas) teve como objetivo facilitar o acesso da população à vacina.

‘Dia D’ da vacinação contra Influenza

Neste sábado (10), os postos de vacinação contra a Covid-19 não funcionarão porque, de acordo com a secretária da Semsa, a Prefeitura realizará o “Dia D” da campanha de vacinação contra a influenza (gripe).

“É uma campanha que já acontece anualmente e amanhã o dia será dedicado a essa vacinação que é tão importante quanto a da Covid-19 e nós precisamos atingir o maior número possível de pessoas dos grupos mais vulneráveis a essa doença”, explicou Shádia Fraxe.

O “Dia D” contra a influenza (gripe) terá início às 8h, com encerramento às 16h. Serão disponibilizados 422 postos, em toda a cidade, incluindo as 171 salas de vacinas do município. Os endereços podem ser consultados no endereço eletrônico.

Anúncio