Mesmo com recursos, Wilson Lima pede que população doe oxigênio e insumos

Funcionários do SPA Danilo Corrêa denunciaram a falta do insumo na unidade e que seis pessoas, teriam morrido pela falta de cilindros de oxigênio

Manaus – Mesmo com bilhões de reais dados pelo governo federal no combate à pandemia do novo coronavírus no Amazonas, o governador Wilson Lima em sua rede social, pede para a população fazer doações de oxigênio e insumos.

(Foto: Reprodução/Redes sociais)

Na tarde desta sexta-feira(15), Wilsom Lima disse em um pronunciamento também nas redes sociais, que o Estado não enfrenta falta de recurso financeiros ou desabastecimento do mercado, e sim dificuldades para fazer o insumo chegar aos hospitais.

Na tarde de hoje, o governador do Amazonas publicou em seus stories que o governo criou uma central, para receber doações da população para restabelecer o abastecimento nos hospitais.

“Não tem a ver com a falta de recursos, falta de dinheiro ou falta de produto no mercado nacional. O grande problema é fazer com que esse oxigênio chegue no estado do Amazonas. Hoje estamos empenhados em garantir que todas as unidades tenham oxigênio para atender aquelas pessoas que são hospitalizadas”, disse no pronunciamento na tarde de ontem.

Na manhã deste sábado, funcionários do Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Danilo Corrêa denunciaram a falta do insumo na unidade e que seis pessoas, teriam morrido pela falta de cilindros de oxigênio.