Profissionais de saúde irão reforçar atendimentos no hospital de campanha e aos povos indígenas

Prefeitura de Manaus divulgou lista com os nomes de mais cinco enfermeiros e 40 técnicos de enfermagem para contratação temporária por seis meses

Manaus – A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), publicou na edição extra nº 4.841, do Diário Oficial do Município (DOM), deste sábado (16), a lista com os nomes de mais cinco enfermeiros e 40 técnicos de enfermagem para contratação temporária por seis meses. Os 45 profissionais de saúde convocados foram classificados em situação de cadastro reserva no Processo Seletivo Simplificado (PSS), do Edital nº 002/2017.

Em vídeo postado em suas redes sociais, neste sábado à noite, o prefeito Arthur Virgílio Neto destacou a importância da chegada dos 45 novos profissionais de saúde e a atuação deles no combate à Covid-19, juntamente com as equipes do Médico Sem Fronteiras (MSF), que também vêm atuando na capital contra o novo coronavírus, atendendo indígenas.

“Vamos ter um reforço na luta pela vida com mais 45 pessoas para o hospital de campanha e também para cuidar dos nossos indígenas, tanto os nascidos em nosso território, quanto os waraos, os indígenas venezuelanos, que também precisam de isolamento imediato. Essa turma, junto com as equipes do Médicos Sem Fronteiras, vai reforçar a nossa missão, que é salvar vidas”, destacou Arthur.

Profissionais, juntamente com as equipes do Médico Sem Fronteiras (MSF), também atenderão indígenas (Foto: Alex Pazuello/Arquivo Semcom)

Conforme o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, esses profissionais vão atuar na ampliação de leitos do Hospital de Campanha Municipal Gilberto Novaes, na zona norte, e nas áreas de assistência à saúde das populações indígenas brasileiros e waraos (venezuelanos)

“Esse grupo de profissionais vai integrar as equipes da Semsa que já vêm atuando para intensificar as ações de enfrentamento ao novo coronavírus, causador da Covid-19, para as populações indígenas brasileiras e waraos mais vulneráveis, inclusive na Unidade Básica de Saúde Móvel, que será estacionada na Comunidade Parque das Tribos, na zona oeste”, disse Magaldi.

Ainda segundo o secretário da Semsa, parte dos profissionais ajudará a compor equipes que vão trabalhar na expansão de leitos no hospital de campanha  do município, onde estão sendo tratados pacientes com Covid-19.

Os convocados deverão comparecer à Gerência de Gestão do Trabalho (GTrab), na sede da Semsa, na Avenida Mário Ypiranga Monteiro, n.º 1.695, bairro Adrianópolis, zona centro-sul, no período de 18 a 20 de maio, das 8h às 16h, para procedimentos pré-admissionais, observando as normas e condições expressas no Edital.

Parque das Tribos

Na última sexta-feira, 15, técnicos da Semsa estiveram na Comunidade Parque das Tribos para definir o melhor local para posicionar a UBS Móvel na qual serão realizadas ações de atenção, educação e cuidado em saúde às famílias indígenas que moram  no local, como estratégia de conter a propagação do novo coronavírus, além de outras medidas de saúde voltadas aos indígenas.

Na UBS Móvel serão oferecidos serviços de imunização, consultas médicas e de enfermagem, dispensação de medicamentos, profilaxia e higiene bucal, saúde da mulher e da criança, além de orientações preventivas sobre a Covid-19.