Samel anuncia parceria para criação de centro de pesquisa para tratamento da Covid

O presidente do Grupo anunciou, através de um vídeo, uma nova parceria entre a instituição e uma empresa norte-americana

Manaus – O presidente do Grupo Samel, Sr. Luis Alberto Nicolau, acompanhado do diretor técnico dos Hospitais Samel, Dr. Daniel Fonseca, anunciou, na manhã desta segunda-feira (1º), através de um vídeo, uma nova parceria entre a instituição e a empresa norte-americana Applied Biology para criação de um centro de pesquisa clínica com foco na Covid-19 e suas variantes no Amazonas.

A Samel anunciou, na última semana, o alcance de 588 pacientes que serão tratados com o uso da proxalutamida. (Foto: Divulgação)

Na ocasião, o presidente da Samel ressaltou a condução de ambas as empresas “no maior estudo privado de genética para o novo coronavírus por meio do uso do medicamento proxalutamida, que tem apontado resultados satisfatórios no tratamento de pacientes acometidos pela Covid-19, estudo este que está sendo realizado não somente na capital amazonense, como também em outras cidades do interior do Amazonas.”

Leia mais: Samel e pesquisador dos EUA estudam novo medicamento contra Covid em pacientes do AM

De acordo com o diretor técnico da Samel, Dr. Daniel Fonseca, a parceria traz grandes benefícios, “como a vinda de médicos e pesquisadores nacionais e internacionais para a Samel para observância das novas formas de tratamento e combate ao novo coronavírus, que está sendo conduzida pelo Dr. Ricardo Zimerman, que avaliará a variante amazonense do vírus, e o uso da proxalutamida, que tem à frente os médicos Flávio Cadegiani e Andy Goren, medicamento este que está sendo utilizado nas unidades da Samel.”

Além disso, o Dr. Daniel Fonseca frisou a possibilidade de firmar novas parcerias entre a Samel e indústrias farmacêuticas para testagem das vacinas e comprovação de sua eficácia contra as novas variantes.

A Samel anunciou, na última semana, através de um vídeo publicado em suas redes sociais, o alcance de 588 pacientes que serão tratados com o uso da proxalutamida não somente em Manaus, como no interior, número este necessário para conclusão da pesquisa sobre o uso do medicamento no combate à Covid-19 no Amazonas.

Assista:

(Vídeo: Divulgação)

Anúncio