Saúde do interior do AM terá reforço de R$ 13 milhões providenciados por Braga

Nos próximos dias, 49 prefeituras do Estado começarão a receber recurso federal por meio de emenda apresentada por Eduardo Braga ao Orçamento da União

Manaus – Quarenta e nove prefeituras do interior amazonense começarão a receber, nos próximos dias, um reforço importante para ser investido nos serviços básicos de saúde. São pouco mais de R$ 13,4 milhões – recurso federal providenciado por meio de emenda apresentada pelo senador Eduardo Braga (MDB/AM) ao Orçamento da União. Confira abaixo a lista dos municípios contemplados.

“Para socorrer o povo do Amazonas num momento de dor e sacrifício. As ordens bancárias já foram, inclusive, emitidas e o dinheiro deve amanhecer na conta dos municípios. O importante, agora, é salvar vidas, independentemente de qualquer questão política ou partidária”, disse o parlamentar.

URGENTE e ótima notícia para o Amazonas. 👏👏👏

Posted by Senador Eduardo Braga on Tuesday, April 28, 2020

A verba chega ao interior numa ocasião providencial. Segundo o boletim epidemiológico divulgado, nesta terça-feira (28), pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), o Amazonas já totaliza 4.337 casos confirmados de Covid-19 e 351 óbitos causados pela enfermidade. Dos doentes registrados, 2.899 estão em Manaus e 1.438 no interior.

Manacapuru é a cidade do interior com o pior cenário, e já registra 321 casos confirmados de Covid-19. Outros dois municípios, Parintins e Itacoatiara, ultrapassaram a marca de 100 casos da doença, com, respectivamente, 119 e 101.

Prestação de contas

Durante a sessão virtual do plenário do Senado, nesta terça (28), Eduardo atualizou os números da enfermidade no Amazonas e destacou a importância da videoconferência que o ministro da Saúde, Nelson Teich, terá na quarta-feira (29), com os senadores, a partir das 16h30 (horário de Brasília).

“Para que ele possa prestar contas ao Brasil do que o governo federal fez até aqui e o que fará daqui adiante, com cronologia e datas”, afirmou. “O Amazonas precisa tomar conhecimento do que já foi feito e do que será feito para ajudar um povo que sofre e vê seus entes mais queridos morrendo e sendo enterrados de forma desumana”, completou.

Municípios – recursos para saúde (ordem alfabética)
1 – Anamã
2 – Anori
3 – Apuí
4 – Atalaia do Norte
5 – Barcelos
6 – Barreirinha
7 – Benjamin Constant
8 – Beruri
9 – Boa Vista do Ramos
10 – Boca do Acre
11 – Borba
12 – Canutama
13 – Carauari
14 – Careiro Castanho
15 – Careiro da Várzea
16 – Codajás
17 – Eirunepé
18- Fonte Boa
19 – Guajará
20 – Humaitá
21 -Ipixuna
22- Itacoatiara
23 – Itamarati
24 – Itapiranga
25 – Juruá
26 – Jutaí
27 – Lábrea
28 – Manacapuru
29 – Manaquiri
30 – Manicoré
31- Maraã
32- Maués
33 – Nova Olinda do Norte
34 – Novo Aripuanã
35 – Parintins
36 – Pauini
37 – Presidente Figueiredo
38 – Rio Preto da Eva
39 – Santa Isabel do Rio Negro
40 – Santo Antônio do Içá
41 – São Gabriel da Cachoeira
42 – São Paulo de Olivença
43 – São Sebastião do Uatumã
44 – Silves
45 – Tabatinga
46 – Tapauá
47 – Tonantins
48 – Urucará
49 – Urucurituba