Vacinação de idosos de 69 anos inicia nesta segunda-feira

Para receber a vacina, o idoso deve apresentar o documento de identidade original com foto e CPF, tendo ou não feito o cadastro antecipado pelo sistema eletrônico Imuniza Manaus

Manaus – A Prefeitura de Manaus inicia nesta semana a imunização dos grupos prioritários, que inclui idosos de 65 a 69 anos de idade, contra o novo coronavírus, conforme previsto no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19. Nesta segunda-feira (1º), as primeiras pessoas que vão receber a vacina serão as de 69 anos, de acordo com o calendário de atendimento organizado em ordem decrescente, ou seja, em cada dia da semana, um grupo por idade vai ser vacinado.

“Nosso plano de imunização está sendo cumprido com muita agilidade, conforme as doses vão chegando. Nosso objetivo é de vacinar o público-alvo sempre de forma responsável, célere e com transparência, para isso também é fundamental que a população fique atenta ao calendário de vacinação para que tudo seja feito de forma ordeira. É necessário frisar que todos ainda precisamos ter os cuidados de prevenção contra a Covid-19, e o uso de máscara ainda é prioridade”, explicou o prefeito de Manaus, David Almeida.

As 6,9 mil pessoas do grupo de 60 a 64 anos serão atendidas na semana seguinte (Foto: Semsa / Divulgação)

O novo lote do imunizante foi recebido, na sexta-feira (26), pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) e foi conferido e registrado pela Divisão de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). No total, são 64.440 mil doses de vacinas CoronaVac e AstraZeneca que vão ser usadas na campanha de imunização contra a Covid-19 na capital. As doses, destinadas a 100% dos idosos de 65 a 69 anos e a 10,2% dos que têm entre 60 e 64 anos, fazem parte das novas remessas do Ministério da Saúde (MS) para Manaus.

Operacionalização

Nesta nova etapa da campanha, os idosos serão atendidos por idade, em ordem decrescente, começando pelos que têm 69 anos completos. A chefe da Divisão de Imunização da Semsa, Isabel Hernandes, explicou que será destinado um dia para cada idade, completando o período de segunda a sexta-feira. O sábado será reservado para a vacinação dos que não puderam comparecer aos postos durante a semana. As 6,9 mil pessoas do grupo de 60 a 64 anos serão atendidas na semana seguinte, em cronograma a ser divulgado posteriormente.

“Com as doses recebidas serão contemplados todos os idosos de 65 a 69 anos, além dos 10% dos que têm entre 60 e 64 anos, os 90% restantes dessa faixa etária serão atendidos conforme o envio das novas vacinas pelo Ministério da Saúde”.

Anúncio