Amazonas lidera produção industrial do País

Pesquisa mensal mostra que atividade da indústria do Amazonas em agosto cresceu 13,4% em relação a igual mês de 2018 e 7,8% sobre julho, aponta o IBGE

Manaus – O Amazonas liderou a produção industrial do País, em agosto, ao crescer 13,4% em relação a igual mês do ano passado e 7,8% sobre julho. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), pela primeira vez este ano, a indústria apresentou saldo positivo de 1% no acumulado anual, no período de janeiro a agosto, ao superar 2018. No País, a atividade industrial cresceu em 11 dos 15 locais pesquisados.

A indústria de motocicleta ajudou no aumento da atividade industrial (Foto: Sandro Pereira)

O resultado positivo do Amazonas, segundo o IBGE, ocorreu após uma forte queda em julho (-6,5%), na série com ajuste sazonal. Já o desempenho dos últimos 12 meses, em agosto, ficou em -1,4%.

“Esses resultados mostram que, embora haja oscilação ao longo do ano de 2019, o desempenho da indústria amazonense mostra crescimento na comparação com o ano de 2018”, avalia o instituto.

O aumento da produção ocorreu, principalmente, nas atividades de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis, como gasolina, óleo diesel, óleos combustíveis e naftas para petroquímica, além de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e de televisores. De acordo com o IBGE, a indústria final e de componentes de motocicletas, suas peças e acessórios também lideraram a produção, em agosto.

Nacional

No País, a Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física Regional apontou que em São Paulo, maior parque industrial do País, o avanço foi de 2,6%. Os demais acréscimos ocorreram no Amazonas (7,8%), Pará (6,8%), Ceará (2,4%), Pernambuco (2,1%), Rio de Janeiro (1,3%), Mato Grosso (1,1%), Minas Gerais (1,0%), Paraná (0,3%), Região Nordeste (0,2%) e Goiás (0,2%).

Por outro lado, houve perdas na indústria do Rio Grande do Sul (-3,4%), Santa Catarina (-1,4%), Espírito Santo (-1,4%) e Bahia (-0,1%).

Na média global, a indústria nacional avançou 0,8% em agosto ante julho.

Anúncio