Bombas de combustíveis terão certificação eletrônica

O motorista poderá verificar, por meio de um aplicativo de celular, se o estabelecimento fraudou ou não a compra de combustíveis

Brasília – O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) informou nesta segunda-feira (22) que está em fase final de implantação do regulamento que prevê a certificação digital das bombas de combustíveis. Com a medida, será possível dificultar fraudes durante o abastecimento de veículos nos postos de combustíveis do país. blank

blank

Medida irá dificultar fraudes durante o abastecimento de veículos nos postos de combustíveis do País (Foto: Marcelo Camargo – Agência Brasil

Segundo o Inmetro, o controle será feito por meio de certificação digital. Um componente instalado na bomba do posto vai checar se a quantidade de energia gerada pela bomba é compatível com o volume de combustível colocado no tanque do veículo. Dessa forma, o motorista poderá verificar, por meio de um aplicativo de celular, se o estabelecimento fraudou a compra. A checagem ocorrerá por assinatura eletrônica.

Leia mais: Preço médio do litro de gasolina ultrapassa R$ 5 em fevereiro

A data para início da instalação do novo equipamento ainda não foi definida. A troca das bombas será feita de forma gradual pelos postos, sendo imediatamente obrigatória somente em caso de fraudes encontradas e na substituição de equipamentos obsoletos.